Com o tema concessão dos serviços de saneamento básico do município sendo assunto frequente tanto nas rodas de conversa quanto nas sessões do Legislativo sombriense, gerando muita polêmica em torno do anúncio das adiantadas negociações entre o prefeito de Sombrio com a Casan, um grupo intitulado ‘Comitê em Defesa do Samae de Sombrio’ pretende reunir na noite desta quinta, 25 de fevereiro, no plenário da Câmara de Vereadores, lideranças comunitárias e população.

O encontro está marcado para as 19h45min desta quinta e já tem confirmada a participação de vereadores e várias lideranças comunitárias, além de convite também a representantes de ONGs e de associações de Moradores. Segundo convite divulgado na rede social Facebook (facebook.com/Sombriodopovo), principal canal de comunicação do grupo, o objetivo é ‘debater a Negociação da Concessão do Samae pelo período de 30 anos, com a Casan’.

O grupo, ainda segundo o convite, foi formado por iniciativa de lideranças preocupadas com ações que podem vir prejudicar o patrimônio público municipal e a vida da população. “Temos dados e fatos que mostram que a vinda da Casan não traz benefícios para Sombrio”, declara o vereador Marcello Areão (PT), um dos principais defensores da não concessão dos serviços de saneamento nas sessões da Câmara. “Queremos ouvir os verdadeiros representantes da população, as lideranças comunitárias e representantes de associações e, a partir daí, dar os próximos passos no intuito de preservar a vontade do povo sombriense”, explicou.

A expectativa é de que experiências de outros municípios em relação a Samae e Casan sejam relatadas. Já durante o encontro, algumas iniciativas devem ser definidas, visando ratificar os objetivos do grupo de forma oficial.

A reunião será aberta a qualquer cidadão que queira contribuir com o debate a respeito da entrega dos serviços de saneamento básico do município à Casan.