O ritmo é intenso no parque de eventos da XXVI Arrancada de Caminhões, em Balneário Arroio do Silva. Diversas equipes e frentes de trabalho, se esforçam para deixar tudo pronto para o evento que terá início nesta quinta-feira, dia 18 e se estende até domingo, dia 21. Nestes quatro dias, a organização espera superar o público da edição realizada no ano passado, quando aproximadamente 200 mil pessoas passaram pelo evento.

De acordo com o prefeito Evandro Scaini, a estrutura ganhou reforço, sofreu algumas modificações e deverá ficar ainda maior. O evento considerado o maior do gênero no mundo, vai distribuir R$ 60 mil em prêmios, terá shows, exposições, camarotes e é claro, pegas alucinantes nas areias do balneário mais movimentado da região. “A expectativa é a melhor possível. Estamos trabalhando neste evento há longa data e nossa maior preocupação foi em melhorar ainda mais a infraestrutura, dar segurança aos competidores, público e organização e também com as questões ambientais,” explicou o prefeito.

Exército escalado para garantir o espetáculo

Se nas pistas quem reina absoluto são os pilotos, que realizam pegas e alucinantes e dão o tão aguardado espetáculo, por trás, nos bastidores, um exército de quase 500 pessoas vai estar trabalhando para que tudo saia conforme o previsto.

Segundo Evandro, mais de 25 empresas foram licitadas para atuar em diferentes modalidades na organização do evento. “São equipes de todas as frentes. Segurança, infraestrutura, limpeza, alimentação, enfim, um grupo imenso de colaboradores e parceiros que estarão garantindo a realização deste mega evento,” enfatizou.

Preservação ambiental

IMG_1014-Medium1-300x224.jpg
Placas alertam para as áreas consideradas de preservação permanente.

Mas não é apenas a preocupação com a infraestrutura do evento, os competidores ou o grande público. A iniciativa tem foco na preservação ambiental e para garantir que o impacto causado pelo evento seja o mínimo, a organização está investindo na conscientização dos expectadores. Dezenas de placas alertando sobre a preservação de dunas e a utilização da faixa de areia foram colocadas.

Fiscais do município também estarão vistoriando as áreas que foram demarcadas e isoladas para o tráfego do público e veículos. Para compensar a emissão de gases poluentes, o evento estará distribuindo centenas de mudas de árvores durante sua realização. “A ideia é atender às exigências do órgãos ambientais, mas ao mesmo tempo realizar uma grande festa com foco também na preservação da natureza. São várias as iniciativas para evitar que o meio ambiente sofra um impacto grande. Até mesmo no material de divulgação estamos deixando claro a intenção do evento de preservar,” explicou Scaini.