A Prefeitura de Torres encaminhou, no fim da última semana, à Câmara de Vereadores, um projeto de lei que prevê uma reposição salarial de 7,82% nos salários dos servidores ativos e inativos. Este índice foi do maior indexador do mês de janeiro, o IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado).

O projeto foi encaminhado após reunião dos técnicos da Secretaria da Administração e Atendimento ao Cidadão e da Secretaria da Fazenda junto com o Prefeito.

Com esta iniciativa, os servidores municipais de Torres recebem o maior índice de reposição da região. Dos cinco municípios que contam com a data-base neste período, como Arroio do Sal, Capão da Canoa, Osório, Tramandaí e Torres, o maior índice foi de 7,82%.

Depois de analisado pelos vereadores, o projeto volta para a sanção do prefeito. A expectativa do governo municipal é que a reposição já possa ser adicionada na folha do mês de fevereiro.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Fonte: Assessoria de Imprensa