Para quem quer vivenciar todo o processo da fabricação de melado, açúcar mascavo e puxa-puxa, o casal Aderval e Terezinha Cardoso, da comunidade de Serra da Pedra, em Jacinto Machado, abriu as portas de sua propriedade e passa a receber turista. Além de participar e auxiliar em todas as etapas, os turistas e visitantes vão conhecer um pouco do dia a dia do casal através do turismo de experiência. E para oficializar o início das atividades, um grupo de convidados passou o dia na propriedade.

O turismo de experiência já existe há alguns anos e foi o foco do agricultor Aderval, conhecido como Val, quando resolveu investir na área. “Eu já fabrico o melado, o açúcar e vendo nos mercados, feiras e para quem vem buscar aqui em casa, mais eu queria algo mais, queria que o visitante conhecesse todo o processo. Foi assim que surgiu a ideia de preparar um espaço e receber os turistas para que eles pudessem conhecer o meu dia a dia e levar não só o açúcar que fabricamos, mas a minha vivência”, conta Val.

Na visita à propriedade, o turista vai até a roça de cana de açúcar e acompanha a sua colheita. Lá é servido um café, nos moldes da roça, em uma cesta e com produtos fabricados ali mesmo na propriedade rural. Depois os visitantes ajudam a moer a cana e com o caldo de cana pronto, inicia o processo no fogo, que dura até três horas. Como mágica o caldo verde se transforma em um caldo em tons dourados e logo em seguida já está pronto o primeiro derivado da cana: o melado. O próximo passo é esperar o ponto do açúcar e da puxa-puxa e se deliciar com os produtos recém feitos. “Todo esse processo é realizado com a participação do visitante, que poderá conhecer um pouco mais da nossa realidade, da cultura e dos nossos costumes”, explica Val.

Entre os participantes estava o secretário de Turismo José Carlos Zanatta, o Zecão. “Sabemos do potencial que a propriedade do Val e Terezinha possui e somos parceiros para contribuir com o desenvolvimento do turismo de experiência em Jacinto Machado”, completa.

Os extensionistas da Epagri local também acompanharam o processo. “A alegria estampada no rosto do casal, a simplicidade na acolhida, a hospitalidade e o amor ao trabalho foram evidenciados neste dia muito agradável. Só fica o agradecimento pela oportunidade”, frisou o extensionista Alex Roesler.

Participaram da primeira visitação aberta ao público o secretário de Turismo José Carlos Zanatta, a secretária de Administração Ana Klock, a assessora de imprensa Itaionara Recco, os extensionistas da Epagri Aline Hahn, Fernando Locks e Alex Roesler, o presidente da Cooperja Vanir Zanatta, a funcionária da Cooperja Camila Pereira Possamai Della, e os guias Joares Recco Furlanetto e Bruna Teresa.

As visitas podem ser agendadas diretamente com o casal pelo fone 988069388.

Fonte: Assessoria de Imprensa