Uma palestra ministrada por duas profissionais do Centro Especializado em Recuperação (CER) da Unesc, sobre prevenção a deficiências, foi fonte de informações para estudantes das escolas municipais Nivaldo Rosa e Eulália de Bem. A iniciativa integrou a mobilização da administração municipal em cumprir a lei 1.169, de 25 de julho deste ano, que instituiu o "Agosto Laranja", inserindo-o no calendário oficial de eventos de Maracajá.

A fisioterapeutas Gislane Savaris e a fonoaudióloga Leyce da Rosa, do CER da Unesc, pontuaram a importância de planejamento de gestações como principal forma de prevenir o nascimento de crianças portadoras de deficiência. Alertaram os adolescentes que, conforme dados da Organização Mundial de Saúde, 70% dos casos de deficiência poderiam ser evitados, apenas com medidas e cuidados antes, durante e após a gestação.

A palestra foi organizada pelos departamentos de Saúde, Assistência e Bem Estar Social e Educação e foi considerada positiva pelo diretor Diogo Copetti. "O tema é sempre importante e o público, formado essencialmente por adolescente, atingiu os objetivos pois é nesta idade que o ser humano firma seus conceitos e conhecimentos e foi informado de forma pedagógica, clara e simples", disse o diretor de Saúde.

Fonte: Assessoria de Imprensa