A educação de Morro Grande apresenta diversas atitudes e projetos em prol dos alunos. Um dos que tem mostrado bastante resultados, como beneficio para os integrantes da área, comunidade e familiares, é a alimentação com produtos orgânicos e valorização da agricultura familiar local.

Com o auxilio da nutricionista Ana Paula Magagnin, os mais de 350 alunos da rede municipal, encontram no dia a dia, a importância de uma alimentação adequada e segura. Isto se deve ao artigo 19, da resolução número 26, de 17 de junho de 2013, que defende a aquisição de gêneros alimentícios, bem como a priorização dos alimentos orgânicos. Os recursos que vem do FNDE preveem que do valor total repassado, no mínimo, seja 30% destinado para a compra de produtos da agricultura familiar.

Os alimentos orgânicos que os alunos têm acesso são abobrinha verde, moranga cabotiá, repolho, tomate e pitaya. Ainda como parte do ensino está o estímulo aos hábitos saudáveis por meio de alimentos de boa qualidade e variados. “Há classes que ficam o dia inteiro na escola devido às aulas de italiano e informática e nos CEIs também. Por isso, buscamos o incentivo para eles melhorarem a qualidade da alimentação e apresentamos um cardápio balanceado, diferenciado e saudável aos estudantes para instigá-los a sempre ter este hábito”, destacou a diretora da EMEF Prefeito Dário Crepaldi, Jaqueline Daniel Rabelo.

Os fornecedores da educação municipal são Eric Sartor, Arilton Generoso e Sedenir Bonfante. Alguns deles já possuem o selo e certificado de produção de alimentos orgânicos.

Para instruir os alunos ao hábito, não só na escola, como em casa, projetos são trabalhados nos CEIs Pernalonga, Nossa Senhora da Salete e na EMEF Prefeito Dário Crepaldi. Estes são a conscientização sobre o açúcar, Projeto Família (novos contextos e novas relações), onde foram realizadas visitas a plantação de morango, pratinhos coloridos, atividades sensoriais com bebês, dentre outros. Além destes, os estudantes também participaram do Projeto Criança, brincadeira e poesia, preparando bolachas natalinas nutritivas e o Projeto Verdadeiro Sentido da Páscoa, havendo a produção de cupcakes de cacau com banana. “Existe a importância desta ação não só com os alunos, mas a família também. Com esta reeducação, os estudantes passam aos pais e muitos já criam o hábito do consumo em casa, havendo uma conscientização. Assim vamos ter no futuro uma saúde de qualidade para todos os integrantes da família”, relatou o prefeito de Morro Grande, Valdionir da Rocha.

Para a secretária de educação Aline Coral, em uma sociedade que cada vez mais consome tantos alimentos ultraprocessados, é de extrema importância se ter uma alimentação saudável na escola, criando assim melhores hábitos alimentares. “A alimentação saudável na infância e na adolescência promove a saúde, o crescimento, o desenvolvimento e previne problemas de saúde. Partindo disso, buscamos fornecer cardápio cada vez mais natural. Inclusive, neste ano, estamos com alguns alimentos orgânicos e incluímos mais alimentos da agricultura familiar. É bom para o nosso agricultor e melhor ainda para nossos alunos”, frisa a secretária.

Com o aprendizado das crianças e jovens, a atitude da educação também valoriza a cultura local, tradições, hábitos saudáveis, agricultor e meio ambiente. “Adquirindo alimentos orgânicos estaremos contribuindo com o crescimento e desenvolvimento dos alunos para o melhor rendimento escolar, para a nossa saúde, a saúde do agricultor que produz estes alimentos e também com o meio ambiente”, salientou a nutricionista.

Fonte: Giorgia Daniel | Fotos: Giorgia Daniel / Ana Paula Magagnin