Por iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social de Maracajá, cerca de 50 alunos, com idade entre de 6 e 16 anos, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de Jacinto Machado participam, nas sextas-feiras, de aulas de capoeira. As aulas ficam sob a responsabilidade do Mestre Curisco, Eder Leonardo da Rolt.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Social e da Família, Regina Patel, a capoeira traz para a vida desses alunos a disciplina. “Além de ser um excelente esporte, tornou-se também um instrumento pedagógico”, reforça Regina.

A atividade tem como objetivo promover o respeito, a disciplina e a socialização do ambiente onde estão inseridos estas crianças e adolescentes. “Apoiamos o projeto por saber da importância do esporte para o desenvolvimento das crianças”, afirma o prefeito João Batista Mezzari, o Gaiola.

As atividades no SCFV são voltadas às famílias inseridas no Cadastro Único da Assistência Social, beneficiários ou não do Bolsa Família, ou que se encontrem em vulnerabilidade, e que estejam residindo no município.

As crianças e adolescentes participam, ainda, de oficinas de futebol, dança, música, informática e atividades sócio educativas.