Há 16 anos, a Associação Irmã Úrsula Heidemann representa oportunidade à Saúde de qualidade a toda a população não apenas de Turvo, mas de toda a região do Extremo Sul Catarinense. Criada com o intuito de disponibilizar acesso aos atendimentos de urgência e emergência, a entidade atende em parceria com o Hospital São Sebastião.

De acordo com o presidente, Samuel Cirimbelli, a Associação e o hospital se completam. “Hoje, um não existiria sem o outro. Diferente de outros hospitais, no nosso caso, são duas diretorias diferentes, mas que trabalham em conjunto pelo bem da população como um todo. É uma parceria que está dando muito certo”, destaca.

Atualmente, a entidade possui quatro mil famílias associadas, que segundo Cirimbelli, têm acesso a muitos benefícios. “Quando se trata de urgência e emergência os atendimentos são totalmente gratuitos para eles. E caso haja necessidade de internação, as primeiras 24 horas são pagas pela Associação, ou seja, não há nenhum custo extra para o associado”, explica.

Ainda segundo ele, a entidade possui uma equipe de 13 médicos em escalas de 24 horas de plantão. “Há alguns anos investimos na implantação de uma unidade semiintensiva, que tem salvado a vida de muitas pessoas e nossos associados também têm acesso a ela”, destaca.

Além dos benefícios no Hospital São Sebastião, a Associação Irmã Úrsula também disponibiliza outras vantagens a quem é associado, como desconto em laboratórios, farmácias e clínicas odontológicas não apenas no município de Turvo, mas de outras cidades. “Para se ter uma ideia da dimensão que nossa entidade possui, atualmente, só em Jacinto Machado, temos mais de 700 famílias associadas”, revela o presidente.

Investimentos em melhorias

Ainda segundo Cirimbelli, nos próximos meses, a Associação deve iniciar a construção de obras importantes, que devem elevar ainda mais a capacidade de atendimento do hospital. “Nas últimas reuniões, o conselho deliberativo aprovou ampliações estruturais. Ao lado do hospital, vamos construir mais quatro ou cinco consultórios. A previsão é de que as obras iniciem nos próximos meses”, revela.