Em clima festivo, reuniu-se nesta quinta-feira, 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, cerca de 50 mulheres em evento promovido pela Casa da Terra. A programação teve como objetivo valorizar todas as mulheres que ajudam a construir uma sociedade mais justa e com suas forças são exemplos de luta, muitas delas presentes na Casa, com a exposição de produtos locais, feitos por gente daqui. O convite era aberto para todas as mulheres, tudo disponibilizado gratuitamente e com o apoio de parceiros. A Casa da Terra fica na Rua José Antonio Picoral com a Rua XV de Novembro. A atividade ocorreu das 14h às 19h.

O evento contou com a participação de artesãs, donas de casa, professoras, líderes comunitários, entre outras. Foi uma tarde bastante agradável, que iniciou com Oficina de Bonecas Bayone com a artesã Germinia Nazaré Martins Nunes, a Naza, aula de tricot com Lúcia Teixeira Dias, maquiagem solidária por meio da Mary Kay com as maquiadoras Mari Prudêncio e Maiara Macedo, conversa com Vera Souza, assistente social do Centro de Referência da Mulher, abordando sobre “Tipos de violência contra a mulher” e a prestação de serviço do CRM, a atuação solidária de cortes de cabelo com Juliana Estrege e maquiagem com Rose Ribeiro, design de sobrancelhas com Julia Estrege.

Toda a programação ocorreu no hall da Casa da Terra onde hoje funciona o Café, com muitas opções de doces, salgados, pães, e outros. Antes das atividades, a professora Rejane Mendonça declamou uma poesia alusiva à data. A palestra da assistente social transformou-se em interessante bate-papo onde conversaram sobre a importância do empoderamento da mulher, ou seja, sua autonomia, seu poder de decisão, e principalmente a importância de se educar e de se capacitar para ter voz ativa aonde quiser.O evento terminou com música ao vivo com Misael Monteiro e com uma salva de palmas das participantes para o Dia da Mulher e a a feira permanente da Casa.

Fonte: Assessoria de Imprensa