Este sábado iniciou com mais uma triste notícia: O Hospital Dom Joaquim, de Sombrio, está prestes a fechar suas portas. O Corpo Clínico do Hospital emitiu nota endereçada a população, aos órgãos de emergência, como Samu e Corpo de Bombeiros e demais representações, relatando o fechamento do hospital sombriense.

De acordo com a nota, assinada pela então Diretora Técnica do Hospital, Cynthia Mota, a unidade hospitalar está em situação precária, havendo falta de insumos, alimentos e materiais para trabalho, como computadores e impressoras para impressão de laudos médicos. Além disso a nota destaca o débito do Instituto gestor, para com os médicos, com salários atrasados desde o ano de 2017. No fim da nota, a médica frisa o fechamento do Pronto-Socorro do Hospital.

Procurado, o ISEV (Instituto Saúde e Educação e Vida), mantenedor do Hospital, encaminhou nota, por meio do diretor administrativo Walmiro Charão Júnior, afirmando que as afirmações de Cynthia, não condizem com a realidade e que estão vinculadas a interesses pessoais. A nota do ISEV ainda destaca que os serviços do Pronto Socorro continuarão com um médico plantonista e que na próxima segunda-feira, um novo diretor técnico será anunciado.

Confira as notas: