O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, acompanhado do Prefeito de Turvo, Tiago Zilli, participou nesta segunda-feira, 11, de uma audiência no Porto de Imbituba, com o diretor-presidente Luis Rogério Pupo Gonçalves.

Também acompanharam a reunião o Presidente da Câmara de Vereadores de Turvo, Luiz Lucinei Vitto, o secretário municipal de cultura, turismo e esporte, Jair Toreti e os membros do Rotary Clube de Turvo, Antoninho Scarabelot e Cláudio Fischborn.

Na reunião, agendada pela ADR Araranguá, os representantes do Extremo-Sul buscaram informações sobre o panorama do aumento do fluxo de caminhões que transportam principalmente soja, após a pavimentação da BR 285, a Serra da Rocinha, em direção ao Porto.

Segundo o diretor-presidente do Porto, hoje 10 milhões de toneladas de soja são transportadas pela BR-101, sentido Rio Grande do Sul/Porto de Imbituba. A previsão é de que após a pavimentação da Rodovia, desta carga, 3 milhões de toneladas, o que significa em média 1 mil caminhões com 30 toneladas de carga, circularão na Região, principalmente entre os meses de março e agosto. Além disso, outros produtos como ração e até milho poderão ser transportados via BR 285, nestes e nos demais meses do ano.

O secretário executivo da ADR Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, reconhece a importância da pavimentação da Serra da Rocinha no que diz respeito principalmente à economia da Região por meio do escoamento da produção agrícola, mas reforça a importância de melhoria na infraestrutura da rodovia. “O trecho entre a BR-101, em Sanga da Toca, até Timbé do Sul, precisa ter um reforço em seu leito, já que a atual rodovia não comportará esta movimentação. Além disso, é necessário o alargamento dos acostamentos, trazendo maior segurança no perímetro urbano de Ermo e Turvo e nas comunidades rurais”, disse.

O secretário da ADR e o Prefeito de Turvo irão agendar uma audiência com o senador Dário Berger, presidente da Comissão Mista de Orçamento, para que seja aberta uma rubrica com a finalidade de reportar recursos para estas melhorias necessárias. Eles também farão uma reunião em Turvo no mês de fevereiro, com a presença de diversas entidades e demais lideranças da Região, onde o diretor-presidente do Porto irá prestar maiores informações sobre os impactos com a pavimentação da Rodovia.

Fonte: Leneza Della Krás - Assessoria de imprensa ADR