A Associação Empresarial de Criciúma (Acic), juntamente com a Secretária de Educação de Criciúma e a Câmara de Vereadores, lançou na manhã desta sexta-feira, 25, mais uma ação voltada à educação, o Projeto “Uma escola, uma empresa”. O projeto tem o propósito de aproximar o gestor empresarial do ambiente educacional para que, com sua experiência e conhecimento, contribua com a gestão da escola.

O projeto terá a participação das escolas Jorge da Cunha Carneiro, Adolfo Back, Lili Coelho e Vilson Lalau, que serão orientadas pelos dirigentes de empresas próximas a unidade escolar. Para esta fase piloto do projeto participam as empresas Makoper, Trombim Dedetizadora, Dione Maganize e Cribras.

“Vamos ter o empresário como tutor daquela escola, buscando passar uma forma de gestão eficiente para a diretora, com o objetivo de aumentarmos a qualificação do ensino daquela unidade escolar”, coloca o presidente da Acic, César Smielevski.

Para a diretora da Escola Jorge da Cunha Carneiro, Daniele Fusinato, professora há 28 anos, e pela primeira no cargo de diretora, o projeto chega como um suporte para o novo desafio.

“Fiquei muito contente quando soube que iríamos participar porque toda ação que venha a contribuir com o nosso trabalho é sempre bem-vinda. Estar como diretora é um grande desafio para mim, sendo a escola também uma referência na cidade. O projeto auxiliará não só nos índices, planilhas, mas em como realmente gerir uma escola, se posicionar em situações de enfretamento”, coloca a diretora.

O empresário Ismael Trombim, da Trombim Dedetizadora, também destaca a importância da iniciativa. “É um projeto fantástico, que realmente fará diferença. Nosso trabalho será no sentido de buscar caminhos para agregar valor à vida dos estudantes e de toda comunidade escolar”, observa.

Além do suporte empresarial, o diretor escolar terá oportunidade de participar de cursos e palestras na área de gestão oferecidos pela associação empresarial. Também serão realizadas visitas nas empresas para que as professoras e os diretores conheçam mais de perto a realidade empresarial.

O acompanhamento dos indicadores de desempenho do trabalho será de responsabilidade da associação, com o objetivo de validar o projeto.

Surgimento do projeto

A carência do conhecimento de ferramentas de gestão para a condução dos processos no dia a dia escolar foi diagnosticado pela Acic por meio de resultados obtidos com a realização do Prêmio Acic de Matemática e com o Projeto Escolas na Acic.

“As escolas da rede municipal que apresentam os melhores índices de aprovação são aquelas que possuem uma boa gestão e, a partir disso, num encontro com a vereadora Geovana Zanette e a secretária de Educação de Criciúma resolvemos lançar este projeto”, detalha o presidente da Acic.

A secretária de Educação, Roseli De Lucca, reafirma a análise levantada pela associação. “Percebemos o desempenho da escola e do aluno muito pela gestão do diretor, e se esses líderes tiverem um pouco do perfil dos empresários, da organização da gestão isso refletirá em sala de aula. Temos certeza do sucesso do projeto”, coloca.

Ganho para todos os envolvidos

A vereadora Geovana Zanette, também professora, observa o ganho para todos os envolvidos na iniciativa. “Penso que essa aproximação da comunidade empresarial com o ambiente escolar é muito importante porque essas empresas escolhidas estão inseridas nos bairros dessas escolas. Isso irá colaborar com o ensino dos alunos, muitos deles, filhos dos colaboradores das empresas, refletindo de forma muito positiva. Iniciamos com quatro escolas, mas a intenção é expandir para as demais escolas do município”, reforça a vereadora.

Fonte: Deize Felisberto / Comunicação Acic