Empreender, segundo o dicionário, significa “executar uma tarefa”. Mas no vocabulário empresarial, empreender significa criar novos negócios, e meios, de fazê-los dar certo. Ou seja, empreender. E apesar de ser algo fácil para alguns, muitas pessoas não cogitam empreender, seja por considerar uma tarefa difícil, ou mesmo por falta de incentivo.

E para incentivar a população a empreender, a Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense – ACIVA, por meio da ACIVA Jovem e ACIVA Mulher, está indo nas escolas para incentivar quem, em breve, estará no mercado de trabalho: os jovens. Isso porque Araranguá foi selecionada, pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina – FACISC, entre 21 cidades no estado de Santa Catarina, para realizar o projeto Geração Empreendedora.

Conforme o presidente da ACIVA, Beto Rizzotto, o objetivo é o de conscientizar os jovens do ensino médio. “A cerca do empreendedorismo e associativismo”, comentou. O projeto já iniciou a primeira fase, que passará por cinco escolas da Cidade da Avenidas. “Serão selecionados 30 alunos nesta primeira etapa”, disse Rizzotto.

Até o dia 21 de agosto, serão selecionados 30 alunos, que vão receber uma capacitação na ACIVA até o dia 10 de setembro. Cada aluno receberá uma camiseta do projeto e material didático. Segundo o multiplicador e consultor dos Núcleos, Fernando Sabino, e a também multiplicadora, Leocadia Sartor, 10 alunos serão selecionados para completar a última etapa do projeto. “Cada um dos 10 alunos, vão passar um dia acompanhando a rotina de uma empresa. Desta forma, o jovem poderá entender como funciona o dia a dia de um empreendedor”, ressaltaram.

Importância do projeto

De acordo com o coordenador do Núcleo Jovem, Vicente Damiani, o Geração Empreendedora não é apenas importante, como necessário. “Em um país que não incentiva a população a empreender, é importante um projeto deste porte, para que possamos fomentar o empreendedorismo nos jovens que ainda estão em formação”, salientou.

Já para a coordenadora do núcleo da Mulher, Eloana Casagrande, o projeto vai trazer uma nova visão para os jovens. “É um projeto que visa garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável”, relatou.

Fonte: Multi Comunicação