Com excelentes motivos para comemorar e dados que traduzem a grandiosidade do evento, a Comissão Organizadora encerrou no domingo, dia 13, a 23ª edição da Festa do Colono em Turvo. Para exibir os números que demonstram o dinamismo econômico da feira de agronegócios, maior do gênero no setor, na região Sul de Santa Catarina, o prefeito de Turvo Tiago Zilli e o vice-prefeito, Edson Jair Dagostin, acompanhados do presidente da Comissão Central Organizadora- CCO, Jair Toretti e da vice- presidente Cintia Brígido, realizaram uma entrevista coletiva.   

Expectativas superadas

Com público recorde, a 23ª Festa do Colono arrecadou 109 expositores e movimentou R$ 7,8 milhões em negócios realizados. O desfile de tratores e máquinas também superou a último edição em número de participantes, reunindo 938 tratores e sete carretas. O vencedor foi da comunidade de São Felipe, que homenageou a moradora mais velha, dona Dozolina Just Manenti – ainda viva.

Gastronomia, esporte e muita velocidade

A praça de alimentação que esteve lotada durante os quatro dias do evento, movimentou aproximadamente R$ 278 mil reais e as oito entidades participantes serviram um total de 9.330 refeições, sendo a maioria pratos típicos da culinária local. A velocidade também teve espaço garantido no evento. A corrida de Jeep atraiu 40 pilotos e a 1ª edição da corrida de caminhões atraiu seis pilotos. O esporte também teve destaque com o Pedala Turvo que reuniu 160 cliclistas. O Moto Turvo contou com a participação de 200 trilheiros e o encontro de motos, mais de 600 motociclistas. A 15ª Arrancada de Tratores fez o público vibrar nas arquibancadas e reuniu 150 pilotos, número máximo de competidores. O festival de Paramotor coloriu o céu de Turvo com 32 pilotos que garantiram um espetáculo singular agradando o público presente

Artesanato e cultura

A Feira de artesanato colocou em evidência o talento de mais de 700 mulheres que atuam em 30 diferentes clubes de mães da cidade, que estiveram envolvidas durante os quatro dias do evento. Talentos locais como AS “Meninas da Sanfona”, Giovania & Sofia, brilharam no palco principal e em espaços dedicados à cultura como a Bodega Cultural, que no estilo de bodegas do passado, promoveu um resgate histórico e cultural de Turvo, prestigiando talentos locais e regionais da literatura, música e dança.

O prefeito Tiago Zilli e o vice, Jair Dagostin, agradeceram a toda equipe de trabalho que não poupou esforços para dar conta de atender o público grandioso que participou do quatro dias de festa. Os anfitriões do evento agradeceram ainda aos patrocinadores Dalon Alimentos, Grupo Romano, Sicoob Credisulca, Grupo Carlessi, América Vidros, Base Firme, Basf, Concretar, Engetom, Metalúrgica Scarabelot, Metalúrgica Turvense e Transterra, Casan e Assembleia Legislativa e Governo do Estado de Santa Catarina.

Feira atraiu investimentos para Turvo

O evento que chegou a contar com a presença do governador de Santa Catarina em exercício, Eduardo Pinho Moreira, foi palco para que o Governo do Estado anunciasse investimentos na infraestrutura do município. Foram anunciados recursos na ordem de R$ 800 mil reais do Governo do Estado através do Deputado Rodrigo Minotto para construção de 1.600 metros de ciclovia até a localidade de Livramento. A ordem de serviço para a empresa vencedora será entregue neste mês de agosto e as obras devem iniciar em breve.

Também anunciados recursos de R$ 200 mil do Governo do Estado para a pavimentação asfáltica de mais duas ruas no Centro de Turvo. A  Rua 362 que dá acesso ao CTG e a Rua Ângelo Sartor no bairro Cidade Alta, que irá ligar a Jorge Lacerda a avenida.  O processo de análise dos projetos inicia nesta semana junto ao departamento de Infraestrutura da Secretaria Regional de Araranguá.  Para fechar com chaves de ouro, recursos de R$ 1 milhão de reais descentralizados para a SDR de Araranguá a serem aplicados na reforma da escola Jorge Schutz em Turvo. Secretário Heriberto já deve iniciar em breve o processo licitatório.

Fonte: Saulo Pithan