Proteger o solo de estiagens, manter o solo sempre úmido, incrementar a matéria orgânica do solo e utilizar de tecnologia para produção de silagem e grãos é a meta do agricultor Bento Manoel Machado da comunidade de Espigão Grande, para qualificar sua produção.

Com o apoio dos técnicos do escritório de Maracajá da Epagri, o agricultor vem investindo na prática de adubação verde com gramíneas e leguminosas para plantio direto de grãos e silagem.

A adubação verde é uma prática agrícola milenar que aumenta a capacidade produtiva do solo. É uma técnica comprovada por pesquisas, que recupera os solos degradados pelo cultivo, melhora os solos naturalmente pobres e conserva aqueles que já são produtivos.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Epagri, Ricardo Martins, o objetivo é incentivar os agricultores a utilizarem técnicas de adubação verde para a cobertura e aumento da matéria orgânica do solo, principalmente nos solos arenosos e pobres em matéria orgânica da região. "A partir do acamamento da biomassa deste material iremos plantar o milho, logo esperamos obter boas produtividades a partir do plantio direto na palha", finalizou Ricardo.

Fonte: Gilvan de França