Crianças brincando, o brilho no olhar, inocência e pureza. Uma imagem linda e leve nos vem à cabeça quando pensamos em momentos assim, mas não é essa a percepção que a artista Eugênia França, de Minas Gerais, vai trazer para o Espaço Toque de Arte da Unesc, nesta terça-feira (8/8).

Suas pinturas, retratos de meninas e suas bonecas, trazem o lado obscuro de uma infância corrompida e dilacerada em “Do lado de cá, do lado de lá”. A abertura da exposição ocorre às 20h30, e tem o intuito de promover a reflexão sobre diversos problemas sociais.

Exclusão social, exploração, abandono, violência. Essas são palavras que, segundo o artista, pesquisador e professor de pintura na Escola Guignard, Alan Fontes, aparecem aos olhos ao avistar as pinturas de Eugênia. “As crianças retratadas recebem um tratamento pictórico dramático que nos leva a pensar sobre uma gama de problemas sociais que corriqueiramente optamos por não enxergar. As pinturas escancaram com crueza o peso das memórias caladas”, comentou.

Além do impacto que trazem as crianças, a arte de Eugênia têm como suporte lonas de caminhão que foram descartadas e, sem nenhum tratamento, mantém preservadas suas marcas, cargas e histórias que passam a compor o trabalho. “Os recortes e remendos aparentes das lonas se confundem com as imagens das crianças como se fossem suturas em seus corpos. Sinistros testemunhos da usura do tempo e da permanência do trauma como imagem”, ressaltou Fontes.

Visitação

Após a abertura, a exposição estará aberta para visitação até o dia 28 de setembro, das 9h às 22h. Para agendar visitas mediadas, os interessados devem entrar em contato com o Setor de Arte e Cultura da Universidade, pelo telefone 3431-2622 ou pelo e-mail [email protected]