Os seguidos alagamentos registrados no bairro Vila Beatriz, resultado do acúmulo de águas pluviais do Morro Maracajá e suas encostas e da Rodovia BR-101, passarão a ser tratados por uma comissão de moradores do bairro, diretamente atingidos e receberá o reforço de representantes da Câmara de Vereadores. Este foi o encaminhamento decidido em reunião realizada na noite de terça-feira (11), no salão comunitário, com lideranças da Vila Beatriz e representantes da administração municipal.

O encontro coordenado pelo secretário de Meio Ambiente e Turismo, Antenor Rocha, foi considerado positivo pelo prefeito Arlindo Rocha. “É preciso encontrar uma solução alternativa e que possa realmente ser realizada, pois o projeto existente exige investimento de R$ 500 mil”, disse o prefeito. Arlindo, Antenor e as lideranças do bairro acreditam que o envolvimento dos vereadores no processo será fundamental para que se viabilizem alternativas e recursos para que a obra seja realizada e os problemas sejam eliminados.