Há pouco mais de um mês, a Secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina iniciava o envio de alertas via SMS, iniciando a operação da nova plataforma de comunicação, em teste, para 20 municípios de Santa Catarina. O primeiro SMS foi enviado em 8 de fevereiro para o município de Ponte Serrada, informando sobre o risco de alagamento no Município e orientando os moradores.

Até agora, cerca de 16 mil moradores no Estado já aderiram ao serviço gratuito. No Município de Araranguá, 1.550 moradores realizaram o cadastramento até o momento, o terceiro maior em número de pessoas cadastradas no Estado nesta fase inicial do projeto, ficando atrás apenas de Rio do Sul e Caçador.

O coordenador Regional de Defesa Civil na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Sebastião Antônio de Souza, comemora o interesse dos moradores do Município sede da Regional, ao mesmo tempo que faz um convite aos demais. “É um importante serviço de prevenção, disponibilizado na Região inicialmente aos moradores de Araranguá. Felizmente até o momento não recebemos nenhum aviso, mas na ocorrência de um alerta de alagamento, enxurrada, vendaval e granizo, ou outra notificação de emergência, o alerta será enviado por SMS a quem estiver cadastrado”, destacou.

Por enquanto, apenas habitantes dos 20 municípios-piloto conseguem fazer o cadastro. A partir de agosto a plataforma estará disponível para todos os municípios catarinenses. Para receber as notificações de emergência, o cidadão precisa enviar uma mensagem de texto (SMS) com os CEPs (pode cadastrar mais de um endereço) que deseja ser monitorado para o número 40199. A mensagem não tem custo.

O trabalho é coordenado pela secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, em parceria com a Anatel, ABR Telecom, SindiTelebrasil e Ministério da Integração Nacional. O objetivo é informar a população sobre o risco de desastre natural e passar orientações.

Fonte: Cleiton Ferrasso