Mais um importante passo foi dado para a implantação da Unidade de Resfriamento de Leite no município de Araranguá. Na tarde desta quarta-feira, dia 5, a Prefeitura de Araranguá firmou contrato com a empresa Camilo & Ghisi, empresa vencedora de licitação, para a construção da unidade que será instalada na comunidade de Sanga da Toca. O ato foi realizado no auditório do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). O valor total do projeto é de R$ 816.757,27, sendo R$ 633.750,00 de recursos assegurados pelo governo federal junto à Caixa Econômica e via emenda parlamentar do deputado federal Jorge Boeira e mais R$ 183.007,27 de contrapartida do município.

O prazo de execução da obra é de um ano. Com o contrato firmado, a assinatura da ordem de serviço será agendada para outra data. “Vamos aguardar o fim da greve nos bancos para que possamos a liberação dos recursos junto à Caixa e assinar a ordem de serviço. O prefeito Sandro Roberto Maciel buscou desde o início deste mandato uma parceria forte com os produtores locais, buscando alternativas para melhorar a agricultura familiar. Este sonho dos agricultores está se tornado realidade e o prefeito sente-se muito grato por fazer parte desta conquista”, afirma o secretário municipal de Administração, Fernando Marcelino, que representou o prefeito Sandro Maciel no ato de assinatura do contrato. O chefe do executivo municipal participou de reunião, em Florianópolis, na Secretaria de Estado da Saúde.

O encontro realizado no Samae contou com a presença dos secretários municipais Leandro Gonçalves (Interior) e Paulo Ricardo da Silva (Planejamento), vereadores, servidores municipais, representantes da Associação dos Produtores de Leite e Agricultores de Araranguá (Aplaa) e da Cooperativa dos Produtores de Leite e agricultores do Sul de Santa Catarina (Cooperleite-Sul), Unioagro, Epagri, e assessoria do deputado Boeira.

Fonte: AssCom Araranguá