Crianças e adolescentes que participam das atividades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Balneário Arroio do Silva tiveram a visita da equipe da vigilância epidemiológica nesta quarta-feira, dia 23. Os profissionais falaram sobre a importância do combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya, e passaram orientações importantes.

As crianças puderam ver de perto o mosquito e receberam várias dicas de prevenção, em especial nos cuidados que se deve ter para evitar água parada. “É importante que as crianças aprendam e saiam daqui levando orientações importantes aos pais, familiares e vizinhos. Todos nós precisamos fazer a nossa parte”, ressaltou a coordenadora da vigilância epidemiológica, Franciele Ramos.

A palestra foi uma forma de aproximar a vigilância epidemiológica da comunidade, além de disseminar ainda mais as orientações pertinentes. “Destacamos as características do mosquito Aedes aegypti e orientamos que quem encontrar algum mosquito parecido deve nos procurar na vigilância epidemiológica”, completou.

Manter a caixa de água fechada com a tampa, encher pratinhos dos vasos com areia, guardar garrafas vazias de cabeça para baixo, colocar o lixo no lixo e evitar pneus velhos em pátios e terrenos foram algumas dicas repassadas para evitar o acúmulo de água parada. As crianças e os adolescentes interagiram fazendo perguntas e também respondendo.

A ação de orientação e conscientização realizada pela enfermeira Franciele Ramos e o agente Volnei Fernandes Januário deve ser colocada em prática também nas escolas do município.