O público que lotou a arena especialmente montada para a XXVI edição da Arrancada de Caminhões na noite de ontem, 19, não se decepcionou com as cenas de homenagens dedicadas ao empresário Paulo Cezar Maciel da Silva, 66, que ocupou o palco ao lado do prefeito Evandro Scaini e da primeira dama, Diane Scaini, junto com o vice prefeito Fernando Borges, secretários municipais, representantes da Câmara de Vereadores do Arroio, deputados e demais autoridades.

Segundo o prefeito, a homenagem – que compreendeu uma Placa de Honra ao Mérito, um troféu, um caneco e uma camiseta da edição da Corrida deste ano – veio como reconhecimento ao empresário araranguaense pelo empenho e dedicação desde a primeira edição da Arrancada, que aconteceu há 30 anos: “O Paulo Cezar foi um dos primeiros a apostar e patrocinar a iniciativa, e é por causa de pessoas como ele que hoje a Arrancada de Caminhões é um dos maiores eventos do Arroio do Silva e o único evento desta modalidade em todo o mundo”, disse o prefeito.

Para o empresário, que hoje soma dez empresas nos ramos imobiliário, construção civil, automobilístico e de comunicação, receber a homenagem foi muito importante: “Eu participei deste evento desde a primeira edição, ajudei e fui um dos idealizadores. Era um evento pequeno, e foi criado para trazer um atrativo para o Arroio, que naquele tempo pertencia a Araranguá. O prefeito era o Manoel Mota, e um dia, conversando com ele e o Luis Carlos Verdieri, saiu a idéia, que eu abracei no ato. De lá para cá, o evento só cresceu, e hoje é essa potência”, afirmou com exclusividade para o Jornal W3. Para Paulo Cezar, a cada edição da Arrancada, as exigências aumentam: “Cada vez há mais exigências na área ambiental, e também na questão econômica e de segurança. A equipe do prefeito Evandro Scaini e todos seus colaboradores estão de parabéns pelo empenho no cumprimento das tarefas que envolvem a realização da Arrancada”, finalizou.