Rolando Christian Coelho
12/12/2019 11h19 - Atualizado em 12/12/2019 11h21

O fator Gislaine na política de Sombrio

Rolando Christian Coelho, 12/12/2019

O fator Gislaine na política de Sombrio

Filiação da vice-prefeita de Sombrio, Gislaine Dias da Cunha, no MDB, é o primeiro passo para a consolidação do cenário político eleitoral no município, com vistas à disputa majoritária do ano que vem. Pelo lado da situação, parece já estar sentenciado quem representará a administração do prefeito Zênio Cardoso (MDB) no embate eleitoral de 2020. Por óbvio que ainda remanescem pedras no caminho a ser trilhado para que Gislaine seja homologada como candidata à prefeita. Dentro do MDB há outros interessados diretos no processo, a exemplo do vereador afastado Nego Gomes. O projeto que vem sendo construído pelo prefeito Zênio, no entanto, dificilmente será desmontado. O investimento em Gislaine como nome para 2020 não é de agora. Começou em 2013, quando ela foi convidada para assumir a Secretaria Municipal de Saúde de Sombrio. Depois disto, ela foi elencada a condição de candidata à vice, em 2016, e agora lhe são abertas as portas para que dispute a cabeça de chapa na majoritária que terá o MDB como timoneiro da coligação situacionista.

A saída de Gislaine do PL para ingressar no MDB também abre as portas para que a aliança que dará sustentação ao projeto do MDB seja ampliada. O partido poderá oferecer a candidatura de vice-prefeito a uma outra sigla, o que inclui aquelas que estão neutras no cenário político local, como é o caso do Democratas, ou até mesmo àquelas que estão na oposição, como é o caso do PSD. Isto, sem dúvidas, dificulta, e muito, a articulação da oposição, já que alguns partidos que, por ora, estão nela, também ficam na expectativa de poderem estar na situação. Na prática, quanto mais tempo o MDB demorar para definir quem será seu vice, mais falta de entendimento gerará na oposição, e mais unidos permanecerão os partidos de situação, todos, também, acreditando que poderão ocupar espaço na majoritária.

Finalmente é aprovado Plano de Carreira em Arroio do Silva

Depois de intermináveis negociações envolvendo o executivo, o legislativo e representantes dos funcionários da Prefeitura de Balneário Arroio do Silva, finalmente o legislativo colocou em votação, e foi aprovado, o Plano de Carreira dos Servidores Municipais. A votação não foi das mais tranquilas, por conta de dúvidas quanto a constitucionalidade do Plano. Votaram a favor os vereadores Dionei Teixeira (PSB), Greyce Copetti (PSD), Edimilson Aguiar (PP), Sérgio Policarpo (PSDB) e Márcio Macan (PP). Por outro lado, votaram contrários ao Plano os vereadores Elvio Zoche, Vanderlei de Souza e Maria Alice Luciano, todos do PSD. Pairam dúvidas quanto ao bojo da redação que alicerça o Plano de Carreira aprovado, mas mesmo assim, a maioria dos vereadores resolveu assumir o risco e votar favoravelmente a sua aprovação.

PSD de Gaivota tem Nando Santos como pré-candidato a prefeito

Presidente da Câmara Municipal de Balneário Gaivota, vereador Nando dos Santos, assumiu publicamente a condição de pré-candidato a prefeito pelo PSD do município. Neste sentido, ele tem sido apoiado pela ala do partido que prega a renovação dentre as lideranças políticas da sigla. Os outros dois pré-candidatos são o atual vice-prefeito, Evânio Machado, o Machadinho, e a ex-vice-prefeita por duas ocasiões, Terrimar Pereira. Nando aposta justamente no sentimento de renovação da política para alicerçar seu projeto. Quer mostrar que ideias novas são aquilo que tem movimentado o atual momento político nacional. Em princípio, o PSD aposta que terá o Progressistas, do prefeito Ronaldo Pereira da Silva, como seu vice. Caso isto não ocorra, o partido estará aberto a outras alianças.

Cristian Rosa reúne Progressistas em Sombrio na segunda

Na próxima segunda-feira, pré-candidato a prefeito de Sombrio pelo Progressistas, Cristian Rosa, irá promover uma reunião com seu partido, para uma avaliação dos trabalhos de 2019, como também para oficializar sua intenção de disputar o executivo municipal sombriense em 2020. Em princípio, a reunião contará com a presença dos vereadores da sigla, membros da executiva e ainda lideranças comunitárias e empresariais simpatizantes do projeto progressista para Sombrio. De acordo com ele, seu projeto de disputa majoritária está bem encaminhado, “e conta com uma substancial base de apoio junto ao Progressistas e a outras siglas aliadas”. Dentro do partido, o vereador Peri Soares também tem se colocado como pré-candidato a prefeito.

Progressistas pode ter chapa pura em Passo de Torres

Progressistas de Passo de Torres tem encaminhado entendimento para que o ex-vereador Eduardo Cardoso, o Dado, seja lançado candidato a prefeito, e o presidente do partido, Valmir Rodrigues, seja lançado candidato a vice, na disputa majoritária do ano que vem. Por este entendimento, o Progressistas disputaria a eleição de 2020 com chapa pura, aos mesmos moldes do que fez o MDB em 2016, ocasião em que venceu o pleito eleitoral com Jonas Souza disputando a prefeito, e Áureo André Henrique disputando a vice. Em 2012 Valmir chegou a ser candidato a prefeito, mas teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral por não ter justificado sua ausência na votação da eleição de 2010.

Quer receber notícias pelo Whatsapp? Clique aqui

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias