Redação W3
31/10/2019 08h54

Agora, só está faltando a Laurinha

Rolando Christian Coelho, 30/10/2019

Imagem divulgação

Pelo andar da carruagem, nem mesmo Laurinha Bolsonaro vai escapar dos tentáculos daqueles que tem se dedicado a denegrir a imagem de sua família. Já, já, Laurinha, a filha mais nova do presidente Jair Bolsonaro (PSL), vai estar sendo acusada de ter roubado o pirulito de alguém na escola. Pelo visto, é o que está faltando.

Vereador pelo Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSL), o intelectual da família, é acusado de manter funcionários fantasmas em seu gabinete e ainda de fazer transações financeiras espúrias. Por sua vez, o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL) vem sendo processado por ameaça, e seu irmão, o senador Flávio Bolsonaro (PSL), é suspeito de lavar dinheiro por meio de uma conta bancária aberta em nome de seu ex-assessor, Fabrício Queiroz. Para não fugir ao estigma, Renan Bolsonaro, o mais novo dos filhos homens, teria namorado uma moça filha de um dos suspeitos de ter matado a vereadora carioca Marielle Franco, e seu motorista, Anderson Pedro Gomes.

A cereja do bolo, agora, é o suposto envolvimento do próprio Jair Bolsonaro na morte de Marielle. Ele teria recebido em sua casa o principal suspeito do assassinato no dia em que o crime aconteceu. Neste dia, Bolsonaro estava na Câmara Federal, em Brasília, mas isso é irrelevante.

Pelos fatos reportados até agora, a impressão que se tem é que o Brasil está entregue a uma quadrilha de criminosos como nunca se viu antes no país. Zé Dirceu e Lula, com suas picaretagens junto a Odebrecht e a JBS ficaram no chinelo. Negócio é esperar a Laurinha ser recolhida pelo Conselho Tutelar para que o povo tome as ruas e tire esses Bolsonaros do poder. Globo, no ajude, por favor!

Em Sombrio, ganhadores e perdedores estão bravos

Situação para lá de curiosa tem acometido a política sombriense nas últimas semanas. De um lado, os seis vereadores afastados, por decisão monocrática do Tribunal Superior Eleitoral, indignados com a situação que os acometeu. Dizem-se injustiçados, etc e tal. Do outro lado, os vereadores que tomaram posse no lugar os afastados, não menos injuriados, por acharem que a decisão do afastamento saiu tarde de mais, prejudicando o exercício de seus mandatos, que poderia ter sido iniciado já em janeiro de 2017. Cada qual defendendo sua razão, sem baixar a crista. “Apenas nos foi dado aquilo que já nos era de direito. Não ganhamos nada de graça”, comanda Nano Freitas (PSD), um dos seis novos vereadores do município.

Carlos Moisés irá anunciar primeira obra na região

Primeira obra da gestão do governador Carlos Moisés da Silva (PSL) em nossa região deverá ser anunciada no próximo dia 14, durante agenda a ser cumprida em Araranguá, durante encontro na sede da Amesc, e também em Forquilhinha. Na ocasião, Carlos Moisés deverá anunciar a liberação de recursos para a pavimentação asfáltica da rodovia Jacob Westrup, que liga Forquilhinha a Maracajá. O trecho a ser asfaltado é de oito quilômetros, com cinco ficando dentro do território de Forquilhinha e três em Maracajá. A conquista da obra está se dando graças aos esforços do deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT), um dos fiéis escudeiros de Carlos Moisés na Assembleia Legislativa. Os tais três quilômetros de asfalto que nossa região ganhará do Governo do Estado são um pingo d’água diante de um deserto de necessidades. Todavia, não deixa de ser um pingo d’água.

Jonas Souza investirá R$ 265 mil em Rosa do Mar

Prefeito de Passo de Torres, Jonas Souza (MDB), fará entrega de ordem de serviço para obras de pavimentação, sinalização, drenagem e implantação de calçadas na Beira Mar da praia Rosa do Mar, na próxima sexta-feira, num valor total de R$ 265 mil. O conjunto de obras faz parte do projeto de urbanização de pontos turísticos que vêm sendo implementados pela atual gestão municipal ao longo dos últimos dois anos e meio. “Passo de Torres nasceu vocacionado para o turismo, só que para que este potencial aflore precisamos de investimentos pontuais, como o que faremos na Rosa do Mar, e como o que estamos fazendo na Beira Mar no centro da cidade”, comenta o prefeito, ressaltando que ações como esta pautarão sua gestão de forma corriqueira.

Governador também irá a Jacinto Machado visita SC-108

Há a expectativa de que em sua visita à Araranguá, no próximo dia 14, governador Carlos Moisés da Silva (PSL) acene, de forma favorável, a liberação de recursos para a construção da tão sonhada ponte do Distrito de Hercílio Luz, sobre o rio Araranguá. Projeto neste sentido já foi apresentado pelo prefeito Mariano Mazzuco Neto (PP) ao governador, em reunião orquestrada pelo deputado estadual José Milton Scheffer (PP). Ontem, no final do dia, a Casa Civil também confirmou que Carlos Moisés irá até Jacinto Machado, onde deve visitar a rodovia SC 108, que liga o município à Praia Grande. Nesta semana, a Secretaria de Estado da Infraestrutura apresentou o projeto de pavimentação asfáltica da referida rodovia, em audiência realizada na localidade de Cachoeira, em Praia Grande. Em princípio, governador quer a realização da obra.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias