Rolando Christian Coelho
26/09/2019 09h59

PP desiste de lançar candidato mês que vem

Rolando Christian Coelho, 26/09/2019

Presidente do Progressistas de Sombrio, Daison Scheffer Cardoso, diz que seu partido continua se reunindo para “encaminhar da melhor forma possíveis as tratativas ligadas a eleição do ano que vem”. De acordo com ele, a sigla tem conversado com líderes do Democratas, PSL, PSDB e PSD, objetivando o início de uma costura para o pleito municipal de 2020. “São todas situações preliminares, normais de acontecer neste momento do jogo político”, ressalta.

Em princípio, o Progressistas sombriense tinha a intenção de oficializar o nome de seu candidato a prefeito em outubro deste ano. Esta intenção chegou a ser anunciada pelo ex-presidente da sigla, Jusa Tiscoski. A nova presidência, sob a tutela de Daison, acredita que isto seja muito difícil de ser concretizado. “É possível que o anúncio se dê mais no final deste ano, ou início do ano que vem. Para o mês que vem é improvável”, comentou. De acordo com Daison, o momento é de conversar, tanto interna, quanto externamente. O presidente deixa a entender que a oficialização de um nome de forma muito prévia pode atrapalhar negociações que vem sendo feitas com outros partidos, voltadas a composição de uma ampla coligação.

O ex-presidente progressistas também não acredita que a oficialização do nome do candidato do partido seja feito mês que vem. “Esta era uma ideia inicial, mas é provável que não aconteça”, comenta. Jusa ressalta que está afastado das atividades partidárias por questões ligadas a saúde familiar, enfatizando que tem acompanhado apenas de longe o que vem sendo tratado pelo partido.

Pelo andar da carruagem, o Progressistas de Sombrio deverá transferir para o início de 2020 o anúncio da escolha de seu candidato a prefeito. Em princípio, o objetivo era de fato fazer este anúncio de forma bastante prévia, para evitar os erros do passado, como o de 2016, quando a sigla sequer sabia quem seria seu candidato a prefeito faltando poucas semanas para a eleição.

Ermo e Passo de Torres estão em festa

Reunião com os prefeitos da Amesc, hoje, às 17h30min, abrirá a VI Festa do Colono e a IV Arrancada de Tratores de Ermo, que se entende até o próximo domingo. Prefeito Zica Cadorin (PSD) optou por uma programação de médio custo, com franca valorização de artistas regionais, e regionalistas, além de atividades culturais e esportivas. Também hoje, Passo de Torres comemora seu 28º ano de emancipação político-administrativa, com uma série de eventos realizados ao longo do dia. Às 13 horas será cortado um bolo de 28 metros, pelo prefeito Jonas Souza (MDB), que será servido a população. O tamanho do bolo é alusivo aos 28 anos de emancipação do município.

Prefeito de Ermo diz que município está precavido

Ciente do problema que acomete Meleiro, no que diz respeito a possibilidade de funcionários municipais solicitarem complemento de aposentadoria do INSS direto da prefeitura, prefeito de Ermo, Zica Cadorin (PSD), diz que em seu município esta situação já foi equacionada há alguns anos, quando se promoveu uma revisão completa da Lei Orgânica do Município. Na ocasião, todas as situações ligadas a questão previdenciária foram vinculadas à leis federais. Em Meleiro, a Lei Orgânica estipula que o funcionário municipal aposentado tem direito a ter um complemento de aposentadoria a ser pago pela prefeitura, equiparando, desta forma, o salário que ele tinha quando estava na ativa. Prefeito do município, Eder Matos (PSB), está negociando com a Câmara de Vereadores a revogação deste dispositivo, que, em alguns anos, inviabilizará as finanças do município, no que diz respeito a folha de pagamento.

Mesmo eleito, Jair Anastácio ainda não é o presidente do PT

Mesmo eleito como novo presidente do PT de Araranguá no último dia 8, vereador Jair Anastácio ainda não tomou posse na função. Por ora, quem continua comandando o partido, na Cidade das Avenidas, é Sayonara Araújo. De acordo com o vereador, na próxima terça-feira será feita uma reunião para que seja marcada a data da posse. Em princípio, Jair diz que pretende implantar um projeto de reaproximação do PT com as bases da sociedade, ideal, que, de acordo com ele, nunca deveria ter deixado de ser prioridade no partido. Paralelo a isto, o novo presidente também ressalta que pretende começar a debater a construção de candidaturas a vereador para a eleição do ano que vem, como também “a construção de nomes para a disputa da prefeitura”.

Presidente do PP diz que “tudo é possível” em 2020

Em que pese o desejo do Progressistas de Sombrio de ter seu próprio candidato a prefeito ano que vem, presidente do partido, Daison Scheffer Cardoso, diz que todas as possibilidades podem ser avaliadas pelo grupo que comanda a sigla. Questionado sobre um possível apoio a uma candidatura apresentada por outro partido, Daison disse que “tudo é possível, desde que o grupo concorde com isto”. Especificamente sobre a possibilidade do Progressistas vir a apoiar uma candidatura da atual vice-prefeita Gislaine Dias da Cunha (PL), caso o MDB não a apoie em um projeto como este, a resposta foi a mesma: “Tudo é possível, desde que o grupo concorde com isto”. Neste sentido, o Progressista sombriense parece te evoluído bastante no que diz respeito a sua maneira de analisar o cenário político local. Mais flexível, o partido tem maiores chances de atrair a simpatia de aliados.

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias