Rolando Christian Coelho
11/09/2019 09h28

A briga de Bolsonaro com a Globo

Rolando Christian Coelho, 11/09/2019

Até hoje, somente dois políticos brasileiros de peso pegaram briga com a Rede Globo de Televisão: Leonel Brizola (PDT), falecido em 2004, e Jair Bolsonaro (PSL). Curiosamente, o primeiro era um político de esquerda, e o segundo é de direita. Ambos, no entanto, nacionalistas.

Questões ideológicas a parte, o fato é que Bolsonaro não deixa de ter razão quando acentua que a Globo parece não ter amor a Pátria. Brizola, aliás, cansou de dizer: “Se alguém quiser saber o que é bom para o Brasil, é só assistir a Globo e fazer o contrário do que ela diz”. O fato é que a emissora da família Marinho parece torcer contra o país, independente de quem esteja em seu comando. Pelo menos tem sido assim em sua história recente.

Em relação especificamente ao governo Bolsonaro, o que se vê, nitidamente, é uma má vontade gigantesca por parte da Globo, que não se cansa de criar emendas nas iniciativas do presidente. Se Bolsonaro inventar de dar R$ 5 mil para cada brasileiro, de mão beijada, a Globo é capaz de dizer que ele poderia era ter dado R$ 10 mil, ou ainda ressaltar que os tais R$ 5 mil poderiam ter sido investidos em outra coisa. Não há equidade na informação, o que, de fato, é muito ruim para o país, se levando em conta o peso que a Globo tem na formação da opinião dos brasileiros.

O fato é que sempre que se assiste a emissora, a impressão que se tem é que o Brasil está acabando. Não há nada grandemente propositivo em seu conteúdo jornalístico. Nada que estimule os brasileiros a terem orgulho de seu país, muito pelo contrário. É lastimável, porque, sinceramente, se a Globo quisesse, em menos de uma geração nosso país poderia ser uma das maiores potencias desse planeta. Problema é que, em sendo uma potência, talvez no futuro a Globo não seja tão necessária assim.

Passo de Torres ganhará Centro de Eventos Municipal

Prefeito de Passo de Torres, Jonas Souza (MDB), assinará hoje à tarde ordem de serviço para que seja iniciada a construção de um Centro de Eventos Municipal. O local contemplará espaço para reuniões, conferências, formaturas, e, por óbvio, eventos de porte que serão realizados no município. Os recursos foram conquistados pelo prefeito junto ao Ministério do Turismo. De acordo com Jonas, o Centro de Eventos deverá começar a ser construído nas próximas semanas, com expectativa de que sua inauguração se dê em meados do ano que vem. “Trata-se de uma das principais obras de nossa gestão, e colocará, definitivamente, Passo de Torres no circuito de realização de grandes eventos no Sul do Estado”, comenta o prefeito.

Mariano e Daniel Viriato têm conversado sobre 2020

Prefeito de Araranguá, Mariano Mazzuco Neto (PP), e o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Daniel Viriato Afonso (PP), têm conversado sobre os caminhos que o Progressista deverá tomar em 2020. Por ora, a conversa entre os dois pertence apenas a eles. Em princípio, Mariano é candidato à reeleição, e tem Daniel como seu substituto imediato, no que diz respeito à disputa pelo executivo. Qualquer decisão, no entanto, tem que passar pelo crivo do partido, que está sob forte influência do presidente do Samae, José Hilson Sasso (PP), que também almeja disputar a majoritária. Por óbvio, o Progressista irá solicitar que Mariano dispute novamente. Caso ele abra mão desta possibilidade, seu candidato deve ser Daniel. Nesta hipótese, então, os holofotes irão se direcionar para a posição que Sasso tomará diante dos fatos.

Grupo político de Araranguá deve migrar para o PDT

Grupo de vereadores de Araranguá que pretende deixar seus partidos, com vistas à disputa municipal do ano que vem, deverá migrar para o PDT. Conversações com este objetivo já estão bastante adiantadas com o deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT). Em princípio, os vereadores Neno Fontoura (PPS) e João Abílio Pereira (PRB), deverão migrar para o ninho brizolista. O vereador Diego Pires, que iria deixar o PDT para, possivelmente, ir para o Podemos, deverá ficar no partido pelo qual foi eleito. Também devem ir para o PDT araranguaense outras figuras como os ex-vereadores Giancarlo Soares de Souza e Euclides Manoel Marcos, o Gato Preto. Grupo pretende compor uma forte nominada ao legislativo, e também buscar espaço em uma majoritária de peso.

MDB de Sombrio promoverá encontro no sábado

MDB de Sombrio realizará reunião de seu diretório no próximo sábado pela manhã, na sede da Câmara Municipal de Vereadores. Na ocasião, partido promoverá, também, a filiação de novos simpatizantes da sigla, muitos dos quais pré-candidatos a vereador ano que vem. Nota-se, especialmente por parte dos vereadores do partido, um esforço bastante forte para que o MDB tenha robustez diante do pleito de 2020. Em princípio, todos os quatro vereadores da sigla defendem a tese de que o partido deva ter candidato a prefeito ano que vem. Fazem este movimento, numa espécie de contraposição a possibilidade do partido vir apoiar a candidatura da atual vice-prefeita, Gislaine Cunha (PL), ao comando do executivo. Os vereadores querem que Gislaine seja novamente candidata a vice, e que um deles, ou outro nome do MDB, seja o candidato a prefeito.

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias