Rolando Christian Coelho
20/08/2019 10h59

PT crê que vaga de Guidi é questão de tempo

Rolando Christian Coelho, 20/08/2019

PT crê que vaga de Guidi é questão de tempo

Presidente do PT catarinense, Décio Lima, diz não ter dúvidas de que a ex-deputada estadual Ana Paula Lima (PT), que é sua esposa, assumirá a Câmara dos Deputados no lugar do deputado federal Ricardo Guidi (PSD). O PT ingressou com recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina e conseguiu validar os 491 votos conquistados pela candidata a deputada federal, Ivana Lais da Conceição (PT), no pleito do ano passado. Os votos de Ivana haviam sido impugnados por falta de entrega de documentação em tempo hábil para registro de candidatura. A defesa de Ivana disse que a candidata não foi comunicada formalmente quanto a necessidade de entrega da documentação que faltava. O TRE alegou que havia feito a comunicação por via eletrônica, mas, em princípio, acabou acatando a argumentação de Ivana.

Com a validação dos 491 votos da candidata petista junto ao TRE, o PT somou os votos de legenda necessários para eleger Ana Paula no lugar de Ricardo Guidi. O deputado, por sua vez, conseguiu suspender a decisão do TRE até que o processo fosse julgado no Tribunal Superior Eleitoral. O julgamento no TSE já começou, e, por ora, é favorável a Ana Paula, mas foi parado porque o ministro Luis Roberto Barroso pediu vistas. “É só uma questão de tempo. Já ganhamos no TRE e estamos ganhando no TSE. A Ana Paula será diplomada em breve”, diz Décio Lima.

Caso Ana Paula Lima consiga seu intento, o Sul do Estado perderá Ricardo Guidi na Câmara Federal. Esta perda, no entanto, não deve se dar de forma sumária, já que Guidi pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal para manter seu mandato. O PSD está jogando com uma reversão dos fatos no TSE. O partido quer crer que forças maiores podem entrar em cena para impedir que um parlamentar do PT assuma no lugar de alguém do PSD, que vem dando sustentação ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

MDB ainda não decidiu quem será seu coordenador

MDB da região ainda não decidiu quem será seu coordenador regional. Partido continua dividido entre as três possibilidades que se abriram. A primeira seria a manutenção do atual coordenador, Heriberto Afonso Schmidt, na função. A segunda é a indicação do ex-deputado estadual Manoel Mota para o cargo. A terceira é a escolha de um dos cinco prefeitos do MDB de nossa região para comandar o partido no Extremo Sul. Havia a expectativa de que na última sexta-feira o assunto fosse liquidado. Conversações aqui e acolá, e tudo ficou como dantes, na terra de Abrantes. Trata-se de um daqueles típicos temas em que, tomada uma decisão, seja ela qual for, não faltarão arestas a serem aparadas.

Janguinha diz que quer disputar majoritária em Sombrio

Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Sombrio, Adenir Duarte, o Janguinha (MDB), diz que está “francamente disposto” a entrar na briga pela disputa majoritária ano que vem. De acordo com ele, “está na hora do MDB sombriense apostar em alguém do interior para ajudar a gerir os destinos do município”. Morador da comunidade de Sanga Negra, ele ressalta estar totalmente familiarizado com as demandas cotidianas da população, “principalmente daquelas pessoas que precisam contar com os serviços de um posto de saúde, de uma creche ou de um dentista da prefeitura para ter uma vida digna”. Em princípio, a campanha nem começou ainda, mas o discurso já está pronto.

PSB de Meleiro se reunirá para decidir seu futuro

PSB de Meleiro se reunirá na quita-feira para definir o destino do partido me nível local. Capitaneado pelo prefeito Eder Matos, a cúpula da sigla mantém uma forte tendência de deixá-la, por falta de afinidade com seu comando estadual e nacional. Eder tem estreitando conversações com o senador Jorginho Mello (PL), objetivando uma migração em massa do PSB para o PL. “Esta é uma possibilidade, mas nada está definido ainda. O que já parece definido é nossa saída do PSB”, comenta o prefeito, ressaltando que outros partidos também chamam a atenção dos filiados do PSB meleirense. De acordo com Eder, “a partir de quinta-feira as coisas irão se clarear mais”.

PSD de Timbé do Sul quer dobradinha com PP em 2020

PSD de Timbé do Sul deve indicar o nome do atual secretário de Administração e Finanças do município, Marlon Panatta, para uma composição majoritária com o Progressistas ano que vem. Hoje, a prefeitura é comandada pelo prefeito Beto Biava (PP), que tem como sua vice Tati Alexandre (PSDB). O PSD intenta emplacar Marlon, no mínimo, como companheiro de chapa de Beto, caso ele dispute a reeleição. A expectativa é a de que a coligação entre PP, PSDB e PSD seja mantida, por conta da parceria que já une os partidos há vários anos. Em princípio, o MDB deve bancar a candidatura de Paulo Bernhardt, o Paulão, como candidato de oposição. Atualmente ele assessora o deputado estadual Volnei Weber (MDB).

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias