Rolando Christian Coelho
24/07/2019 09h34

Amin cumpre roteiro na região hoje

Rolando Christian Coelho, 24/07/2019

Senador Esperidião Amin (PP) vai cumprir roteiro no Extremo Sul nesta quarta-feira. Às 9h ele concede entrevista na Rádio Araranguá AM, indo, ato seguinte, para Timbé do Sul, aonde se encontra com o prefeito Beto Biava (PP) às 10h30min. Ao meio, Amin almoçará com progressistas de Turvo, voltando à Araranguá às 13h30min, aonde se reúne com o prefeito Mariano Mazzuco Neto (PP) e outros líderes de seu partido.

Às 16h a agenda continua com uma visita ao prefeito de Balneário Gaivota, Ronaldo Pereira da Silva (PP), e outros líderes do Progressistas. Na sequência o senador vai até a sede da Rádio 93FM, em Sombrio, onde se reúne com a direção da emissora. Às 18h ele encerra o roteiro em nossa região se reunindo com líderes progressistas de toda região.

Esperidião Amin vem prestar contas de suas atividades parlamentares e também prospectar cenários para a eleição municipal do ano que vem. Ainda que tenha se fragilizado muito ao longo dos últimos anos, o horizonte do Progressistas pode melhorar substancialmente a partir do pleito de 2020, caso o partido incorpore em seu discurso o que está previsto em seu estatuto de fundação. Notadamente, o eleitorado catarinense tem franca tendência em votar em políticos de centro-direita. Ao tentar se modernizar, o Progressistas acabou deixando suas origens de lado, o que fez com que siglas de cunho liberal ganhassem espaço no mercado eleitoral catarinense. O problema é que os liberais se desgastaram, e, no vácuo, quem cresceu às custas do descontentamento do eleitor catarinense foi o PSL, que, na prática, nutre o mesmo discurso do velho PDS, oriundo da UDN, de onde vem o atual Progressistas.

Para o ano que vem, o partido de Amin só precisa assumir suas origens, sem medos ou receios demasiados. Tradição, família e propriedade sempre foram temas muitos familiares aos catarinenses. Na tentativa de se desapegar de seu passado, o Progressistas acabou perdendo seu discurso embrionário, fazendo com que o eleitor quase o esquecesse. Tudo, no entanto, pode se reverter.

Anísio diz que fica no MDB e concorrerá ao legislativo

Ex-vereador araranguaense, Anísio Prêmoli, que disputou a prefeitura de seu município em 2016, descarta a possibilidade de deixar o MDB, como, vez por outra, é especulado na Cidade das Avenidas. De acordo com ele, de fato, “não faltam propostas para a migração para outro partido”, mas, por ora, sua permanência no MDB é certa. Em princípio, Anísio ressalta que pretende disputar novamente o legislativo, abrindo espaço para uma outra candidatura do MDB ao executivo. “O César Cesa é um bom nome para a empreitada, mas precisa saber construir uma boa coligação”, comenta.

PT que Haddad no comando, Lula defende Gleise

Aos poucos, PT Nacional começa a se libertar de sua luladependência. Maioria da cúpula sigla está defendendo ideia de que Fernando Haddad presida o partido a partir de novembro, quando acontece sua convenção nacional. Ex-presidente Lula da Silva, no entanto, quer que a senadora Gleise Hoffmann permaneça no comando do partido. Lula sabe que se Haddad comandar o PT passará a ser o candidato natural do partido na eleição presidencial de 2022. Esperançoso de sair cadeia até lá, o ex-presidente almeja que Gleise continue timonando os petistas, deixando sua vaga como candidato ao Planalto reservada até lá. Tudo indica, no entanto, que Haddad é quem vai emplacar no comando do PT em nível nacional, se credenciando, a partir de então, a começar seu projeto com vistas a uma nova tentativa de chegar à Presidência da República.

Gaivota firma contrato de R$ 5 milhões com CEF

Prefeito de Balneário Gaivota, Ronaldo Pereira da Silva (PP), assinou contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 5 milhões, recurso que será investido em obras de infraestrutura no município. De acordo com Ronaldo, a saúde financeira da gestão municipal foi fundamental para que o financiamento fosse aprovado pela Caixa. “É a prova de que estamos no caminho certo”, comenta o prefeito, que pretende investir o recurso principalmente nas áreas mais periféricas de Gaivota, aonde as demandas por infraestrutura são maiores.

PGE quer que Valdir Raupp pague R$ 1 milhão à União

Através de Ação Penal, Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, solicitou a justiça federal que ex-senador Valdir Raupp (MDB) seja condenado a pagar R$ 1 milhões aos cofres públicos, por danos morais e materiais, em função de seu envolvimento nos desdobramentos da Lava Jato. O ex-senador, que nasceu na localidade de Bela Vista, em Santa Rosa do Sul, e tem registro de nascimento em São João do Sul, aonde passou boa parte de sua vida, recebeu R$ 500 mil, supostamente de dinheiro de corrupção, para ajudar a custear despesas de sua campanha eleitoral em 2010. Ele alega que o recurso foi doado a seu partido, não a ele, e que, portanto, quem deveria ser punido, em caso de irregularidade, deveria ser o MDB de Rondônia, Estado que representava no Senado Federal.

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias