Rolando Christian Coelho
07/05/2018 10h05

Nego Gomes quer ser candidato a deputado

Rolando Christian Coelho 07/05/2018

Nego Gomes quer ser candidato a deputado

Vereador sombriense Nego Gomes (MDB) diz que pretende concorrer à Assembleia Legislativa no pleito eleitoral deste ano. De acordo com ele, o MDB contrário a candidatura do deputado estadual Manoel Mota (MDB), aqui no Extremo Sul, deixou a deriva o projeto de lançar um novo nome ao parlamento catarinense e, por conta disto, o espaço está totalmente aberto para uma nova articulação neste sentido. “Quero começar meu projeto pelo Vale do Mampituba, que congrega os seis municípios das Comarcas de Sombrio e Santa Rosa do Sul. A partir daí, levar a proposta para os demais municípios do Extremo Sul e do grande Sul de Santa Catarina”, diz o vereador, ressaltando que o MDB precisa de alternativas, “já que a base do partido está cansada de votar sempre nos mesmos, anos a fio”.

De acordo com Nego Gomes, o MDB de nossa região vem clamando há muito tempo por uma nova candidatura. “Foram feitas várias tratativas, vários nomes alternativos foram lançados de forma prévia, mas, pelos mais diversos motivos, este projeto não foi levado adiante. Eu estou me dispondo a ser o representante deste grupo que prega a renovação”, enfatiza o vereador.

Antes de confirmar sua intenção, Nego Gomes diz que conversou com várias lideranças do MDB da região, que teriam hipotecado apoio a seu projeto. Conforme o vereador, “o sentimento de renovação dentro do partido é muito forte e por isto a expectativa de que a candidatura emplaque é mais do que real”.

Em princípio, o MDB do Extremo Sul está dividido entre as candidaturas a estadual de Manoel Mota, Luiz Fernando Vampiro e Ada de Luca. Conforme Nego, pelo menos um terço das lideranças que votam nestes três nomes migrariam para seu projeto no decorrer dos próximos meses.

Notas

Ex-prefeito de Balneário Arroio do Silva, Evandro Scaine (PSD), diz que pretende lançar oficialmente seu projeto de pré-candidatura a deputado estadual entre os próximos dias 15 e 20 de maio. Conforme ele, sua intenção de disputar a Assembleia Legislativa é irreversível. “Já conversei com todas as principais lideranças do partido, o que inclui o próprio Júlio Garcia (PSD). Estou preparado e vou me eleger”, comenta.

Empresário gaivotense João Bonamigo Filho deixou de lado o projeto de fortalecimento do DEM no município e se filiou ao PDT, a convite do deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT). A maior robustez do partido, que foi o primeiro a eleger um prefeito no município, através do advogado Everaldo Ferreira, credencia de imediato João a postular uma vaga na majoritária em 2020. Dobradinha com o MDB seria o caminho natural.

Prefeito de Passo de Torres, Jonas Souza (MDB), promoveu encontro de seu partido para prestação de contas de seu mandato na sexta-feira. Convidou o deputado federal Ronaldo Benedet (MDB) e o estadual Luiz Fernando Vampiro (MDB) para o evento. Na ocasião demonstrou plena sintonia com os dois parlamentares, que foram os que mais destinaram recursos para o município ao longo dos últimos 16 meses.

Dos deputados estaduais que levaram votos em nossa região em 2014, o que mais deve crescer percentualmente nas urnas no pleito eleitoral deste ano é Rodrigo Minotto (PDT). Na contra-mão, quem deve amargar desilusão é Cleiton Salvaro (PSB), que não tem correspondido as expectativas do Extremo Sul. Deverá ser salvo de uma desilusão maior meramente por conta de lideranças pontuais do PSB em Araranguá, Sombrio e principalmente Meleiro.

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias