Waltão Sintonizado
06/01/2017 10h29 - Atualizado em 06/01/2017 16h21

COLUNA DO WALTÃO [email protected] 06/01/2017

REFLETINDO

Primeira Coluna de 2017 e renovo meus votos de um Ano Novo pleno de realizações, lembrando que a vontade de um ano feliz todos tem, mas fazer deste, um excelente ano, depende de cada um de nós.

Walter Marcelino 

Passado o sonho da posse, hora da realidade.

Candidatar-se e ser eleito é o sonho do político. Sonho este que se estende, nos tempos atuais, até o dia de posse, porque doravante em diante o sonho acaba.

Contas para manter em dia, folha de funcionalismo a ser paga, obras a serem iniciadas e concluídas, mudança nos cargos de confiança, redução de comissionados e demissões - o que vai gerar críticas ferrenhas, atitudes não muito simpáticas, mas que deverão ser adotadas pelos novos governantes, sob pena de fracasso de seus governos.

Bem-vindos a realidade senhores prefeitos da AMESC. O sonho acabou e agora é vida real.

Primo e Júnior emocionaram os presentes na posse em Araranguá

Em meio a toda pompa e circunstância que uma solenidade, como a posse de prefeito, vice-prefeito e vereadores requer, uma cena chamou a atenção e emocionou os presentes na posse de Mariano Mazzuco Neto (PP) e Primo Menegalli Júnior (PR).

Primo Menegalli Júnior de mãos dadas com seu pai agradeceu os ensinamentos, valores e exemplo recebidos e declarou estar pronto para seguir os passos do ex-prefeito, por duas vezes, Primo Menegalli, honrando o legado do pai que reescreveu a história de Araranguá.

Exemplo de família que deve ser não somente visto e aplaudido, mas seguido. A família é que forma a estrutura dos filhos e Primo Júnior demonstrou gratidão e de ter aprendido corretamente os valores passados pelo pai.

A primeira reunião do colegiado de Mariano e Primo Jr.

Já na tarde do primeiro dia útil como prefeito e vice, Mariano Mazzuco Neto (PP) e Primo Menegalli Júnior (PR), se reuniram com o colegiado, formado, em sua maioria por integrantes do PP, sete ao todo (Evelyn Elias – Saúde; Auderi Castro – Administração e Finanças; Maria Alice – Bem Estar Social; Dick Robert Daniel – Procurador Geral; Ariane Almeida – Educação; Luiz Frigo – Obras; José Hilson Sasso - Samae) e contando com um representante do PSD (Giancarlo Soares – Governo) e um do PR (Fernando Serrano – Planejamento).

Juscelino da Silva e Sérgio

A eleição para presidência da Câmara do Arroio

Sem novidades a eleição para presidência e mesa diretora da Câmara de Vereadores de Balneário Arroio do Silva com Sérgio Tavares Policarpo (PSDB), eleito por unanimidade.

Conforme antecipado por esta coluna, Sérgio que inicia seu terceiro mandato tem trânsito livre entre todos os partidos que compõem a Câmara e prova disso é que a oposição também votou nele.

Liderança que se firmou ao longo dos anos através de um trabalho sério com a comunidade arroiossilvense.

Daniel Viriato eleito por quase unanimidade

Exceção de Cristiano José Pereira, o “Tano” (PP), todos os demais 14 vereadores de Araranguá votaram em Daniel Viriato Afonso (PP) para presidência do Legislativo Municipal.

Daniel possui grande acesso aos demais partidos bem como trânsito livre junto ao Executivo Municipal o que deverá facilitar o governo de Mariano Mazzuco Neto (PP) e Primo Menegalli Júnior (PR).

Volnei Rocha é o presidente do Legislativo de Maracajá

Manteve-se o acordado e Volnei Rocha (PMDB), foi eleito presidente da Câmara de Vereadores de Maracajá. Ele deverá renunciar no final de 2017 e Geraldo Leandro (PSD) assumir por três anos a presidência do Legislativo. As comissões da Câmara também ficaram com o PMDB na presidência, representadas por Alacide Rocha (Constituição, Justiça e Redação) e Maria Lúcia (Finanças e Orçamento).

A mesa diretora ficou constituída com Volnei Rocha (PMDB) – presidente; Geraldo Leandro (PSD) – vice-presidente; Rudi Dassoler – 1º. secretário; e Maria Lúcia – 2ª. secretária.

Gaiola reforça seu compromisso com Jacinto Machado

Na cerimônia de posse em Jacinto Machado, o prefeito João Batista Mezzari (PMDB), fez questão de ressaltar o seu compromisso com a sua comunidade.

Gaiola afirmou “Quero reforçar o meu compromisso assumido com a população jacintomachadense. Porém, peço a todos um pouco de paciência para este início de mandato. Vamos trabalhar duro desde as primeiras horas de nossa gestão, mas é preciso ter a consciência de que os resultados não serão imediatos, virão com o passar do tempo”.

Vicente Caropreso e Leonel Pavan no governo Estadual

Os deputados estaduais do PSDB, Vicente Caropreso e Leonel Pavan passam a integrar o governo de Raimundo Colombo (PSD), nas secretarias de Saúde e Turismo, respectivamente.

Com a saída de Pavan e Caropreso da Alesc, assumem as cadeiras na Assembleia, Dóia Guglielmi (PSDB), da região Sul Catarinense e Marcos Wanrowski (PSDB) de Blumenau.

O secretariado e as direções de Mineiro da Farmácia

O prefeito de Balneário Arroio do Silva, Juscelino da Silva Guimarães, o “Mineiro da Farmácia” (PSD), assumiu a prefeitura com todos os secretários e diretores do governo Evandro Scaini (PSD), já que este não exonerou nenhum secretário ou diretor.

Além do fato do Arroio ser um município voltado ao turismo que tem no veraneio seu ponto mais alto de receita, dificultando uma mudança de cargos comissionados em pleno Verão, outro fator que pode ter preponderado para manter-se, até o momento os cargos comissionados do antigo governo, são as verbas de rescisões, que deverão onerar de maneira extraordinária os cofres públicos. Assim, cautelosamente, melhor esperar o final do veraneio.

Secretário novo até o momento somente Felipe Keller (PTB), que assume a Secretaria de Administração e Finanças, tendo em vista a saída de Rosana Rafael (PP).

Gisela Scaini

Gisela Scaini no gabinete de Raimundo Colombo

Gisela Steiner Scaini (PSD), coordenadora macro regional do partido, deverá alçar voo mais alto em sua carreira política.

Evandro Scaini (PSD), no seu discurso na posse do Mineiro da Farmácia (PSD), informou aos presentes que Gisela deverá fazer parte do gabinete do governador Raimundo Colombo (PSD).

Presidência do Legislativo em Sombrio

Os vereadores da base aliada em Sombrio, confirmaram o que já havia sido acordado com relação a presidência da Casa, ou seja, o anos de 2020 a presidência será exercida conforme futuros acordos políticos com vistas as eleições daquele ano.

Em 2017, 2018 e 2019, as presidências deverão ser alteradas a cada seis meses, iniciando pelo vereador Nego Gomes (PMDB) e finalizando, no segundo semestre de 2019 com Carlinhos Gomes (PMDB).

Recomendadas para você

Outras notícias