Redação W3
09/09/2019 08h25 - Atualizado em 09/09/2019 08h25

TUTORIAIS DO YOUTUBE E A AMIGA PEDAGOGA

Coluna Rosane, 26/08/2019

TUTORIAIS DO YOUTUBE E A AMIGA PEDAGOGA

Raramente consigo seguir um tutorial do youtube! Até acompanho, mas não consigo executar nadica de nada!

            Há tutorias de maquiagem em que a criatura consegue ficar D-I-V-I-N-A com meia dúzia de pós, blushs, pincéis, rímel... Nunca consegui fazer igual, e o olho gatinho mesmo vindo com um carimbo pra auxiliar, deixou-me tão frustrada quanto a tentativa inglória dos cílios postiços: eu mais parecia uma boneca Emília do Paraguai.

            Os consertos de celulares, programas de computador, chuveiros, tvs e afins então? Nossa, tudo grego ao cubo pra mim. E ainda mostram passo a passo e dizendo que é facílimo, porém no fundo sei que estão a rir de minha inabilidade e falta de paciência.

            Tudo o que se quer aprender está na internet, contudo o aprendiz tem que ser apto, hábil e ter um Q artístico pra resolver a pendenga no meio do caminho quando tudo parece que não dará mais certo.

            Tenho uma querida amiga que acabou de se formar em Pedagogia e ela é dessas que acessa youtube e faz o Taj Mahal de garrafa pet e com uma só mão. Junta sucata, que pra mim sempre foi lixo, e faz cachorrinhos de garrafa pet apimentando a imaginação dos pequenos.

            Estou concluindo Pedagogia também, todavia minha falta de habilidade manual não foi testada durante o curso. Ainda bem, porque eu teria ficado pra segunda, terceira, milésima época. Posso ter uma boa coordenação motora fina, uma boa letra, consigo escrever bem retinho num quadro negro sem marcação alguma... Entretanto juntar coisas pra criar uma outra qualquer? É um grande mistério.

            Talvez se eu tivesse feito jardim de infância, na minha época, e não adentrado no 1º ano de cara, eu tivesse aprendido algo nas aulinhas de artes. Porém naquele tempo não havia apelo reciclável como hoje em dia. Certamente teria ficado mais um ano na escola e sem desencantar de ter duas mãos esquerdas ou achar que estou executando tudo com luvas de box.

            Sei fazer tricô, um pouco de crochê, também pinto minhas unhas muito bem, mas isso não é nada comparado à maestria de uma pedagoga irada empenhada em criar algo pra causar na gurizadinha. E tudo o que vê é possibilidade de uma segunda ou terceira criação...

            Quem sabe um pouco de terapia faça com que eu me conforme, porque aprender realmente creio que só nascendo de novo.

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias