Tami Oliveira
13/04/2018 08h49 - Atualizado em 13/04/2018 16h00

Amor próprio, autoestima e saber dizer não

Ter amor próprio é ser egoísta? Depende a medida.

Amor próprio, autoestima e saber dizer não

Ter amor próprio é ser egoísta? Depende a medida.

Acredito que em tudo na vida devemos buscar o equilíbrio, inclusive com o amor próprio.

Amor próprio demais, é orgulho.

Amor próprio na medida certa, torna a pessoa motivada, entusiasmada, alegre e confiante.

Vamos entender a diferença entre amor próprio e autoestima?

Autoestima é a qualidade que pertence ao indivíduo satisfeito com a sua identidade, ou seja, uma pessoa dotada de confiança e que valoriza a si mesmo.

O amor próprio é o amor que as pessoas têm por si mesmas.

Ter autoestima e amor próprio, pode não ser uma tarefa fácil para muitas pessoas, porém também não é impossível.

Uma das características principais das pessoas que tem baixa autoestima e amor próprio é a dificuldade de ver algo bom em si, ou de não saber dizer não para os outros.

Para essas questões a busca pelo autoconhecimento é essencial.

Como fazer isso? Buscando profissionais que te apoiam, e se autoobservando a cada hora do seu dia, o que você sente, pensa e como age diante das circunstâncias.

Porque a cada hora do dia? Pois com a correria diária, quando você percebe já passou o dia, a semana o mês e o ano. Mas e o que você fez por você? Quais são seus objetivos? Você está focando no que realmente deseja? Você está no caminho que sonha estar?

Perguntas desse gênero, abrem sua mente para analisar se o que você faz diariamente está realmente alinhado com seus sonhos.

Muitas pessoas têm dificuldade em dizer não, sendo assim, fazem de tudo pelos outros, algumas vezes para agradar ou para, lá no fundo ter a aprovação das pessoas. Mas, eu pergunto, quantos SIM você diz para os outros e quantos SIM diz para você?

Mais uma vez, vamos pensar no equilibro. Não vá sair dizendo NÃO para todos, porque agora está buscando a autoestima e o amor próprio. A questão é o equilíbrio. Fazer por você, e pelos outros. Aprenda a analisar a real necessidade de cada circunstância e não, simplesmente agir por impulso dizendo o sim ou o não.

Vamos com 4 dicas rápidas de como trabalhar amor próprio e autoestima:

1. Aceitação

Aceitar e respeitar seu passado e presente. O passado aconteceu, não dá para mudar, o que fazemos então? Aceitamos. Respeitamos e aprendemos.

Aceite quem é você e sua história.

2. Autovalorização

Reconheça seus pontos fortes, suas qualidades. O que só você tem! Tenha em mente pelo menos 4 coisas boas em você. Se não consegue sozinho, peça apoio para pessoas próximas perguntando 4 coisas boas que elas reconhecem em você, é uma tarefa simples e que pode te trazer uma ótima experiência.

3. Clareza

Tenha clareza do que você quer para você, de como você quer que seja seu dia, semana e mês. Quais seus objetivos? Quais seus sonhos? Como você quer estar daqui a 1 ano? Quando você tem clareza dessas questões, consegue dizer não para questões que irão atrapalhar seus objetivos. Exemplo simples? Dizer não para assistir tv todas as noites, enquanto você pode estar praticando exercícios que te proporcionarão uma vida saudável.

4. Ame-se

Ame-se pelo que você é.
Ame-se pelo o que você já passou.
Ame-se por suas qualidades e defeitos.
Você é único no mundo inteiro por isso. Simplesmente, olhe no espelho e sinta amor.
Amar é um dos sentimentos mais nobres que existe. Faça isso por você.♥

Tami Oliveira
Master Coach e Gestora de Marketing
Curiosa, criativa, metida a filosofa e tentando escrever um pouco de tuudo o que pensa.

Os textos dos Blogs são opinativos e de responsabilidade dos autores. Não significa que a opinião expressada por eles seja a mesma do Grupo W3.

Recomendadas para você

Outras notícias