Acontece nesta sexta-feira, 20, paralelo ao 1º Seminário de mobilização para doação de sangue e medula óssea, no Extremo- Sul de Santa Catarina, o cadastro para quem deseja se tornar um doador voluntário de medula óssea. Na oportunidade a equipe do HEMOSC Criciúma estará em Araranguá coletando 5ml de sangue e os dados dos interessados. O procedimento é rápido e fácil e serão distribuídas senhas para a população que está convocada a participar. As senhas serão distribuídas a partir das 13:30 na sede da Associação dos Municípios do Extremo-Sul de Santa Catarina-AMESC, no bairro Cidade Alta em Araranguá.

De acordo com Saulo Pithan, coordenador da campanha a expectativa do público é bastante positiva. “Desde que foi dado início a divulgação do seminário, muitas pessoas nos procuraram para participar. Nossa expectativa é muito positiva. Esse é um momento único, fazia mais de seis anos que o Hemosc não fazia coleta externa e a nosso convite estará no evento”, destaca.

Requisitos para fazer o cadastro de doadores de medula óssea

- Ter entre 18 e 55 anos de idade
- Estar em bom estado de saúde
- Não ter doença infecciosa transmissível pelo sangue (como infecção pelo HIV ou hepatite)
– Não apresentar história de doença neoplásica (câncer), hematológica ou autoimune (como
lúpus eritematoso sistêmico e artrite reumatoide).

Participe também do seminário

As atividades na sexta-feira, 20, iniciarão às 8h, com a abertura oficial do Seminário e encerrando às 16h30. O tema da doação de medula será abordado por profissionais da área da saúde, além disto, o evento será para a partilha de informações sobre o assunto.

As inscrições para o Seminário também são limitadas em 150 vagas e estarão abertas ainda até quinta-feira, 19, podendo ser realizadas por meio do site da Escola do Legislativo no endereço (http://escola.alesc.sc.gov.br/eventos/).

Fonte: Assessoria de Imprensa