Durante a sessão de segunda, 21, foi aprovada e entregue pela Câmara de Vereadores uma Moção de Reconhecimento pelos relevantes serviços prestados a Waldemar Pacheco, uma das personalidades mais ilustres de Araranguá. A iniciativa da homenagem foi do vereador, Igor Batista.

Entre tantos feitos, Waldemar que é nascido em 1926, viúvo da professora, Olga Hubbe Pacheco e pai de dez filhos, foi o primeiro locutor e rádio ator da Rádio Araranguá. Exerceu representação comercial, trabalhou em banco, atuou como escrivão de polícia, comissário de menores, titular de Cartório de Registro Civil, Títulos e Documentos, escrivão eleitoral, oficial substituto do Registro de Imóveis e do Segundo Tabelionato, Fundador e Presidente do Rotary Club de Araranguá, Fundador e Presidente do Araranguá Tênis Club, Presidente do Grêmio Fronteira, Conselheiro do Hospital Bom Pastor, Fundador do Rotary Club Araranguá Centenário e do Rotaract Club de Araranguá, membro da maçonaria e participou da política local. Para ele, receber a homenagem foi uma honra. “Sinto-me muito feliz e lisonjeado em ser lembrado por esta casa”, disse.

Projetos aprovados na sessão

Ainda durante a sessão, foram aprovados quatro projetos de Lei e um anteprojeto, de autoria do vereador, Ozair da Silva, para que seja proibida a cobrança da taxa de religação de água e esgoto pelo Samae, em caso de corte no fornecimento por falta de pagamento. Os projetos de autoria do executivo aprovados tratam-se de autorização para o município ceder equipamento agrícola para a Associação e União dos Agricultores e Produtores de Frango, Milho e Mandioca; para autorizar o município contribuir com R$1.600,00 para o atleta, Ruan Réus, participar de competições de sua categoria e, para autorizar o município contribuir com R$ 1.500,00 para o Mister Araranguá, Luan Antonelli, participar dos eventos classificatórios representando a cidade. Por fim, foi aprovado o projeto de autoria da própria mesa diretora para ser alterada lei municipal reajustando o auxílio-alimentação dos servidores da Câmara em R$330,00, conforme ajustado em convenção coletiva.

Fonte: Morgana Daniel