Uma programação voltada aos temas mais atuais no setor da Saúde, especialmente desenvolvida para os alunos do curso técnico e graduação – foi o que a segunda edição da Semana de Enfermagem da Faculdade do Vale do Araranguá promoveu nos últimos dois dias.

De acordo com o analista de marketing da Faculdade, Giancarlo Rizzi, as duas noites de palestra contaram com a participação de profissionais de diferentes especialidades da área da Saúde. Já a coordenadora dos cursos, Nívea Dias do Canto Teixeira, destaca o principal diferencial do evento nesta edição. “Este ano trabalhamos com três temas - Atualização em Curativos e Feridas, Infecções Sexualmente Transmissíveis e Sexo Seguro e Atendimento em Urgência e Emergência Pediátrica no Politraumatizado”, acrescenta.

Segundo ela, o principal o objetivo foi integrar os cursos e proporcionar maior conhecimento aos alunos na área da Saúde. “Neste ano as palestras foram focadas exclusivamente aos alunos, mas a partir do ano que vem, deveremos abrir ao público externo”, afirma.

A aluna do primeiro módulo do Técnico em Enfermagem, Caroline Costa de Almeida, avalia de maneira positiva a realização da Semana de Enfermagem. “Aprendemos muitas coisas novas, que são essenciais para o nosso dia a dia. A escolha dos temas também foi muito boa, pois nos atualiza sobre as novidades da área”, destaca.

Já o acadêmico, José Vitor, fala da importância entre a integração dos alunos com a realidade. “Como profissionais da área, precisamos estar atentos a estes números, especialmente no que se refere às doenças sexualmente transmissíveis, que é um tema que exige constante atualização da nossa parte”, afirma.

Em dois dias de programação, muitos profissionais compartilharam suas experiências com os alunos, como a Enfermeira Daniela Mafioletti Floriano, graduada pela UFSC, pós graduada pela Puc PR, Assessora Técnica e de Treinamentos pela Fufasc/Convatec; a Enfermeira Tiane Ramos do Canto, graduada pela UFSC, pós graduada em neonatologia e saúde pública pela Puc RS, Enfermeira do SAE, secretaria municipal de saúde de Araranguá; e o doutor Leon Iotti, médico pediatra e Diretor técnico do IDEAS, diretor técnico HMISC de Criciúma Diretor de planejamento do HRA (Hospital Regional de Araranguá).