O mês de maio é voltado a campanha nacional de conscientização do trânsito seguro, o Maio Amarelo que, neste ano, traz como tema “Nós Somos o Trânsito”. A ação é coordenada pelo Poder Público e a sociedade civil, para o levantamento de importantes pautas sobre a segurança no trânsito.

Mais de 500 cidades adotam esta ação. As atitudes se voltam para um tema: a redução de mortes e feridos no trânsito. Na região, a Associação de Proprietários de Veículos - APV é a maior parceira e propagadora da campanha. Com mais 6.500 associados, a instituição sem fins lucrativos se mostra com grande influência e importância para o Vale do Araranguá.

Em entrevista, o responsável pelo marketing da APV, Fabrício Manfredini destaca a importância da luta contra a redução de acidentes e consequentemente de mortes. “Nosso objetivo é fortalecer e conscientizar ao máximo a população sobre os cuidados na hora de dirigir, desde o uso do celular no carro ou os conflitos entre motoristas de automóveis e motocicletas, são todos temas importantes a serem levantados” explica Fabricio.

No país a quantidade de acidentes e o número de vítimas fatais ou de incapacitadas é desconcertante. Só ano passado foram 52 mil acidentados, onde se nota um aumento de 23% em relação a 2015. Se concentram na faixa etária entre 18 e 34 anos, 52% dos acidentes fatais e 54% dos acidentes com sequelas permanentes. Este tipo de acidentes afetam diretamente a sociedade, pois tem suas vítimas em uma idade considerada economicamente ativa.

Sobre a APV

A associação traz diversos benefícios e torna acessível seguros que protegem o carro contra furtos, imprevistos, acidentes e problemas mecânicos. Também são oferecidos monitoramento e rastreamento 24h do veículo, além de oferecer descontos em diversas lojas.

Fonte: Foto: Uol