A pedido do vereador, Neno Fontoura, representantes da Cruz Vermelha de Araranguá, estiveram na Câmara de Vereadores durante a sessão desta segunda, 06. O presidente do movimento na cidade e ex-vereador, Gentil Candido, falou das dificuldades enfrentadas. Segundo ele, a falta de recursos para manutenção do projeto tem exigido demais da diretoria e dos envolvidos, já que a sede própria está precisando ser reformada e ampliada para abrigar as doações e servir para os trabalhos dos voluntários. “Nosso trabalho é totalmente voluntário e precisamos de ajuda da comunidade, dos vereadores e do Poder Executivo para reerguer nossa sede”, disse.

A Cruz Vermelha está presente em quase 100 países, na o possui vínculo político e tem como objetivo proteger a vida e a saúde humana, ajudando no alívio do sofrimento das pessoas. Normalmente atua em situações de catástrofes, enchentes, temporais, através de mutirões que ajudam na situação daqueles considerados vulneráveis. 

Fonte: Assessoria de Imprensa CMVA