Toda troca de gestão é sempre delicada. Entra prefeito, sai prefeito e os problemas para quem não se planejou durante o último ano de governo acabam se repetindo. Na secretaria municipal de Saúde de Araranguá esta não será a realidade. É o que afirma Rosane Kochhann, em seu último dia como responsável pela pasta. Segundo ela, para não faltar medicamentos na rede pública, uma compra volumosa foi realizada. “Como última ação acabamos de receber e deixamos para a população Araranguaense cerca de R$63.000,00 em medicamentos para o abastecimento da Farmácia Básica que já estarão disponíveis no primeiro dia de funcionamento da Farmácia Básica Municipal em 2017. Esses medicamentos só foram possíveis adquirir pois alguns recursos finalmente entraram na conta do Fundo Municipal de Saúde e não medimos esforços para cumprirmos com o prometido em relação a aplicação dos mesmos”, explica.

Rosane afirma que conseguiu realizar um bom trabalho e se despede da função com tranquilidade de quem se esforçou muito para conseguir bons resultados e melhorar a saúde da população. “Saio tranquila e com muito orgulho de ter defendido e respeitado o SUS, principalmente no que diz respeito a questão do direito equânime do acesso a saúde e a quebra das práticas de favorecimento político”, afirma.

A secretária também agradeceu a oportunidade de ter comandado uma das pastas mais importantes do governo. “Agradeço profundamente a oportunidade de ter trabalhado e aprendido com cada um. Alguns aprendizados marcaram por trazerem sentimentos positivos, alguns marcaram por não serem tão positivos assim, mas esses eu aproveitei para melhorar em mim algumas coisas...no final, sempre aprendemos”, finalizou.