O encontro foi coordenado pela gerente Regional de Saúde, Patrícia Gomes Jones Paladini, e contou com a participação do coordenador da CIR (Comissão Intergestora Regional), Leandro Fernandes, representante do COSEMS (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina), Roseclair Barros e representantes de Secretarias Municipais de Saúde da Região.

Entre os assuntos encaminhados estava a proposta de ampliação do número de CAPS (Centros de Atenção Psicossociais) Microrregionais, de três, para cinco, com sedes em Sombrio, Turvo, São João do Sul, Balneário Arroio do Silva e Ermo. Segundo a gerente de Saúde, a Câmara técnica vai encaminhar para a CIR a proposta de ampliação, que posteriormente será encaminhada para o Ministério da Saúde. “A Região conta hoje apenas com um CAPS em Araranguá. É necessidade urgente de que outros Municípios façam adesão a esta proposta de serviço, para oferecer mais qualidade no tratamento dos pacientes da rede psicossocial”, disse Patrícia.

Outra proposta discutido foi de ampliação do número de leitos de saúde mental no Hospital Regional de Araranguá, prevendo 6 leitos infanto-juvenil e 4 adultos. “Esta readequação é uma solicitação da Coordenação Estadual de Saúde Mental, e que deve ainda ser analisada pelo Ministério da Saúde. O aumento do número de Centros de Atendimento justifica-se pela demanda hoje absorvida por toda rede de atenção básica”, destacou a gerente Regional.

A Câmara Técnica observou ainda a necessidade de discussão do fluxo de acesso das internações psiquiátricas, que hoje não está claro para os prestadores que atendem a esta demanda, e também para os profissionais que encaminham os pacientes/usuários, entre eles médicos, enfermeiros, psicólogos. A discussão será no próximo dia 08 de novembro, às 14 horas, na sede da ADR em Araranguá com os profissionais que representam a porta de entrada dos hospitais públicos da Região do Extremo-Sul. A partir desta análise, a câmara técnica irá encaminhar os apontamentos para o grupo condutor da Rede de Urgência e Emergência (RUE) da macrorregião sul.

Fonte: Leneza Della Krás