A obra da Estação de Tratamento do Açude Belinzoni, que abastece 60% da área urbana da cidade, está em fase de finalização. Quem passa pelo local, na Rua Ruy Stockler de Souza, esquina com a Rua Walter Belinzoni, se depara com um grande, moderno e bonito prédio.

Após construção dos novos filtros e novo reservatório, iniciou-se a construção do Laboratório desta estação. O investimento foi de R$ 740.000 com recursos próprios do Samae.

No local, no térreo, foi construída uma sala para controle de qualidade da água, uma sala para estoque de produtos químicos, uma sala para relatoria, uma cozinha, um banheiro, uma sala de ferramentas e uma sala de materiais de limpeza.

No segundo andar, foi construído um laboratório físico-químico, um laboratório microbiológico, uma sala para limpeza dos materiais de laboratório, uma sala para esterilização de materiais de laboratório, uma sala para relatoria, dois banheiros, uma despensa e um auditório com capacidade para 25 pessoas. “Vamos poder continuar trabalhando junto com as escolas, que poderão levar os alunos para aprender in loco e observar como funciona a Estação de Tratamento e os processos da água”, explica o diretor Geral do Samae, Everson Casagrande.

O terraço da nova Estação de Tratamento é verde, com gramado. Além disso, fora do prédio principal, foi construído também um local para dosagem e aplicação de produtos químicos.

A previsão de término da obra é para o mês de julho.

Fonte: Renata Rocha - Assessoria de Imprensa